Forescout adquire CyberMDX e foca em IoT de saúde

Da Redação
01/02/2022

A Forescout Technologies anunciou hoje a aquisição da CyberMDX, fornecedora líder de segurança cibernética de saúde que oferece visibilidade e prevenção de ameaças para dispositivos médicos e redes clínicas. A aquisição fortalece ainda mais a posição da Forescout como líder do setor em suporte pronto para uso, para o mais amplo conjunto de tipos de dispositivos conectados em dispositivos de TI, IoT, OT e IoMT.

“O CyberMDX permite que os hospitais forneçam atendimento de qualidade, protegendo os sistemas e dispositivos nos quais eles confiam todos os dias para tratar pacientes e salvar vidas”, disse Amir Magner, presidente e cofundador da CyberMDX. “Estamos entusiasmados por nos juntarmos à equipe Forescout, onde nossa inovação pode continuar a fazer uma profunda diferença para as organizações de saúde em todo o mundo.”

Veja isso
Acordo conclui venda da Forescout à Advent por US$ 1,6 bilhão
Forescout vai proteger IoT nas redes do Departamento de Defesa dos EUA

A Forescout é reconhecida por muitas das maiores organizações do mundo como líder em visibilidade e controle de dispositivos, garantindo que os clientes possam ver todos os dispositivos conectados às suas redes, continuamente e em tempo real, e então tomar ações automatizadas para mitigar os riscos. A CyberMDX oferece uma solução líder para visibilidade e gerenciamento de risco de dispositivos IoMT. Juntos, Forescout e CyberMDX têm uma plataforma poderosa que oferece uma abordagem fácil de usar, escalável e sem agente para visibilidade, classificação, detecção de ameaças e resposta a incidentes de dispositivos com foco em dispositivos IoMT para melhor atender às organizações de saúde, afirma comunicado da empresa.

“A Forescout está vendo um rápido crescimento na área da saúde, um mercado no qual a empresa sempre focou a atenção do ponto de vista de tecnologia e vendas”, disse Wael Mohamed, CEO da Forescout. “A segurança cibernética para IoMT, assim como a segurança cibernética para dispositivos OT, requer conhecimentos e tecnologias específicas. Temos o prazer de ter a equipe CyberMDX se juntando à Forescout à medida que continuamos fornecendo novos recursos em nossa plataforma líder de mercado e ampliando nosso centro de P&D.”

A ampla cobertura em todos os tipos de dispositivos é essencial, pois organizações maiores, como assistência médica, quase sempre têm uma grande variedade de tipos de dispositivos, incluindo TI e um número em rápida expansão de dispositivos IoT, além de dispositivos IoMT e OT. Em 2018, a Forescout adquiriu a Security Matters, fornecedora líder de soluções para visibilidade e gerenciamento de risco para sistemas OT, também conhecidos como sistemas de controle industrial (ICS). A Forescout tem o maior número de implementações de soluções de proteção de infraestrutura OT globalmente, com grandes implementações em setores de infraestrutura crítica, como energia e serviços públicos. A Forrester reconheceu recentemente a Forescout em seu inaugural Industrial Control Systems (ICS) Security Solutions Wave, 2021 como o principal fornecedor de presença no mercado para receita de produtos, número total de clientes e tamanho do negócio. CyberMDX,

Recentemente, a Forescout anunciou que sua plataforma descobriu 66% mais dispositivos do que o esperado originalmente na University Health Network (UHN), um grupo de quatro hospitais em Toronto, Canadá, que inclui o Toronto General Hospital, que a Newsweek classificou em 2021 como o 4º melhor hospital no mundo. Entre muitos benefícios, a UHN está aproveitando a plataforma Forescout para “lidar com o aumento exponencial do número de dispositivos IoT e o volume cada vez maior de ameaças sofisticadas, incluindo ransomware”, de acordo com Kashif Parvaiz, diretor de segurança da informação da UHN. Com a adição da solução da CyberMDX, os clientes da Forescout poderão obter maior visibilidade e gerenciamento de risco de sua IoMT e dispositivos médicos.

Nos últimos 20 anos, a Forescout construiu uma força única em inteligência de dispositivos e tecnologia de malha de rede para descoberta e classificação de dispositivos. O banco de dados Device Cloud da empresa contém mais de 15 milhões de identificações de dispositivos.

Com informações da assessoria de imprensa

Compartilhar: