Fornecedores ameaçam segurança do setor de mídia

Da Redação
23/08/2022

Perto de 30% dos fornecedores do setor de mídia estão sujeitos a comprometimento por causa de vulnerabilidades que existem nas interfaces publicamente acessíveis. Essas vulnerabilidades críticas são bem conhecidas por serem exploráveis ​​por agentes mal-intencionados, alerta a BlueVoyant em estudo publicado hoje.

A BlueVoyant realizou a pesquisa para aumentar a conscientização sobre os desafios de defesa cibernética que as empresas de mídia estão enfrentando e ajudar o setor a se defender melhor contra ataques. A pesquisa foi concluída com o uso da plataforma Terrain: 3PR (Third-Party Cyber ​​Risk Management), da empresa, que identifica as vulnerabilidades de software e outras oportunidades exploráveis ​​com técnicas semelhantes às usadas em ataques cibernéticos.

Veja isso
iFood: terceirizado corrompe dados e trava plataforma
Maioria dos contêineres de nuvem de terceiros tem falhas

Outras descobertas importantes da pesquisa são as seguintes:

  • A porcentagem de fornecedores de mídia suscetíveis a comprometimentos é o dobro de um benchmark multissetorial composto por todas as empresas monitoradas pela BlueVoyant
  • Metade dos fornecedores de mídia mais comuns, que fornecem soluções de gerenciamento de conteúdo, têm vulnerabilidades potencialmente comprometedoras
  • A correção oportuna é um problema significativo para o setor de mídia: 60% dos sistemas vulneráveis ​​identificados continuavam desprotegidos seis semanas após a publicação dos patches necessários.

O ecossistema de mídia, detalha o estudo, é um dos mais complexos, o que torna desafiador para as empresas produzir, distribuir e gerenciar conteúdo com segurança. Elas dependem de fornecedores, provedores de serviços, parceiros e tecnologias. A exploração das vulnerabilidades encontradas pode levar à perda potencial de conteúdo e interrupção operacional.

Compartilhar: