hands-1063442_640.jpg

Wipro adquire consultoria de segurança por US$ 230 milhões

Da Redação
21/12/2021

A Wipro Technologies, empresa indiana de serviços de TI com atuação mundial, incluindo escritórios no Brasil e Portugal, anunciou nesta segunda-feira, 20, que assinou um acordo definitivo para adquirir a consultoria em segurança cibernética Edgile, com sede no Texas, por US$ 230 milhões. Em comunicado a empresa indiana disse que o objetivo da compra é fortalecer sua posição no mercado de serviços de segurança cibernética.

A compra da Edgile, que oferece serviços de consultoria para conformidade e risco de cibersegurança, segurança de informação, nuvem e identidade digital, será a décima aquisição da gigante indiana de serviços de TI, com sede em Bengaluru.

A Wipro é comandada por Thierry Delaporte desde outubro de 2020. Ele liderou as aquisições de empresas como Ampion, 4c, Eximus Designs, IVIA, está última com sede no Brasil, e em março deste ano também fechou a aquisição da Capco, a maior já feita pela empresa de uma consultoria de tecnologia e serviços bancários e financeiros, US$ 1,45 bilhão.

Veja isso
Wipro adquire empresa australiana de segurança cibernética e DevOps
Logicalis adquire Áudea, empresa de cibersegurança espanhola

A Wipro disse que, junto com a Edglie, desenvolverá um conjunto integrado de serviços de segurança cibernética — CyberTransform — que “ajudará as empresas a melhorar a governança dos riscos de segurança cibernética, investindo em estratégias de segurança robustas e permitindo-lhes acelerar sua transformação digital de maneira altamente segura”.

A Wipro disse que espera que o negócio seja concluído antes de 31 de março de 2022, após às aprovações regulatórias do Comitê de Investimento Estrangeiro e do Antitruste Hart-Scott-Rodino (HSR) nos Estados Unidos.Fundada em 2001, a Edgile registrou receita de US$ 44,1 milhões em 2020, enquanto a receita nos dois anos anteriores foi de US$ 43,2 milhões e US$ 33,7 milhões, respectivamente.

A Abry Partners, fundo de investimento minoritário de capital privado na Edgile, deixará totalmente a participação na empresa como resultado da transação. Com agências de notícias internacionais.

Compartilhar: