O que a microssegmentação faz – e que o firewall não pode fazer

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Até profissionais de TI experientes continuam mencionando a proteção de perímetro como o ponto de partida de segurança das redes da empresa. Embora possam teoricamente estar certos, a definição de perímetro mudou muito desde que a computação ganhou a alternativa de ser feita em nuvem. Se o perímetro era protegido por firewall, sabe-se que ele não impedirá movimentações laterais após ser ultrapassado. A solução, na verdade, contará com microssegmentação, estruturada em software, para isolar ativos de hardware, aplicações e cargas de trabalho, restringindo e controlando as comunicações entre eles. Um cenário no qual a origem do ataque deixa de ser relevante – seja externa ou interna, o ataque não progredirá. 

Para explicar demonstrar essa e outras estratégias de proteção, a Guardicore, empresa israelense de segurança de nuvem e data centers, realiza no dia 1º de outubro, às 10h, o webinar Teoria Zero Trust como Prática de Trabalho. Para se inscrever, cadastre-se no endereço: 

https://go.guardicore.com/guardicore-virtual-brazil2-interest-group

Não perca.

Compartilhar:
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest