Vazamento no Hookers expõe prostituição

Os detalhes das contas de 250.000 usuários do site holandês Hookers.nl, um fórum onde prostitutas holandesas e clientes trocam informações, vazaram e estão à venda na dark web por apenas US$ 300. Além dos endereços de email, existem nomes de usuários, endereços IP e senhas. Essas senhas são seguras e em tese dificilmente serão quebradas, mas os endereços de email dos usuários são legíveis. Muitos desses endereços indicam com bastante clareza o nome real do usuário.

O hacker que tem o banco de dados pede US$ 300 por uma cópia. O Hookers.nl confirmou o vazamento e anunciou que enviaria a todos os usuários uma mensagem ontem pela manhã, informando o incidente com os dados da conta.

O maior perigo para os usuários do site é provavelmente chantagem, já que os registros vazados incluem não só o login escolhido pela pessoa mas também seu email. Esses registros não são apenas de clientes, mas também das prostitutas e acompanhantes que nem sempre querem ser reconhecidos como profissionais do sexo – embora na holanda a atividade seja legal.

Não seria a primeira vez que usuários seriam extorquidos por terem se registrado em um site controverso. Há quatro anos, os dados pessoais de membros do site Ashley Madison acabaram também na dark web graças a hackers. A seguir, houve usuários sendo extorquidos, casamentos desfeitos. O hacker que está vendendo o banco declarou ao jornal holandês NOS que ainda não fez nenhuma venda mas que está esperançoso.

Com agências internacionais

Compartilhe
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp