security-1202344_1280.png

TSE: Teste Público de Segurança terá 10 ‘investigadores’

Da Redação
31/10/2021

Dez investigadores individuais (entre eles, duas mulheres) e cinco grupos tiveram seus planos de testes aprovados para a edição de 2021 do Teste Público de Segurança (TPS) do Sistema Eletrônico de Votação do Brasil, organizado pelo TSE, o Tribunal Superior Eleitoral. No total, foram selecionados 29 planos de teste para serem executados nos softwares e hardwares da urna e equipamentos relacionados. O TPS 2021 acontecerá de 22 a 26 de novembro, na sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília.

Veja isso
Dados de candidatos às eleições 2020 já estão à venda na dark web
Hacker português de 19 anos teria atacado TSE, segundo jornal

A sexta edição do TPS recebeu 27 pré-inscrições, com 39 especialistas, sendo 16 cadastros individuais e os demais divididos em sete grupos. O número definitivo de participantes só será confirmado no dia 9 de novembro. Os planos de teste são os projetos de ataque aos componentes externos e internos da urna eletrônica e do sistema eletrônico de votação, com o objetivo de apresentar sugestões de aprimoramento.

Após todas as etapas descritas no edital, os aprovados terão a oportunidade de participar do TPS 2021, que será realizado de 22 a 26 de novembro.

Durante o TPS, os selecionados terão acesso aos componentes internos e externos do sistema eletrônico de votação – como aqueles utilizados para a geração de mídias, apuração, transmissão e recebimento de arquivos, lacrados em cerimônia pública, incluindo o hardware da urna e softwares embarcados.

Com informações da assessoria de imprensa

Compartilhar: