Trellix substitui marcas FireEye e McAfee em XDR

Da Redação
23/01/2022

O Symphony Technology Group (STG) anunciou na semana passada o lançamento da Trellix, empresa que resultou da fusão da McAfee Enterprise com a FireEye em outubro de 2021. O foco da nova empresa é oferecer detecção e resposta estendida (XDR) para organizações “com foco na aceleração da inovação tecnológica por meio de aprendizado de máquina e automação”. O STG deve lançar o portfólio McAfee Enterprise Secure Service Edge (SSE) como um negócio separado ainda neste trimestre, incluindo Cloud Access Security Broker (CASB), Secure Web Gateway (SWG) e Zero Trust Network Access (ZTNA).

Veja isso
Acionista processa FireEye por venda do negócio de segurança
FireEye vende área de produtos à STG por US$ 1,2 bilhão

O ecossistema XDR da Trellix, segundo seu CEO Bryan Palma, foi projetado para acelerar a eficácia das operações de segurança, fornecendo aos clientes a capacidade de ingerir mais de seiscentas tecnologias de segurança nativas e abertas. Ao fornecer aos analistas de segurança uma melhor percepção, mais controle e um contexto abrangente de ameaças, os analistas podem economizar tempo e agir de forma decisiva para remediar as ameaças.

A Trellix é definida pelo STG como “uma empresa global que está redefinindo o futuro da segurança cibernética. A plataforma de detecção e resposta estendida (XDR) aberta e nativa da empresa ajuda as organizações confrontadas com as ameaças mais avançadas de hoje a ganhar confiança na proteção e resiliência de suas operações. Os especialistas em segurança da Trellix, juntamente com um amplo ecossistema de parceiros, aceleram a inovação tecnológica por meio de aprendizado de máquina e automação para capacitar mais de 40.000 clientes empresariais e governamentais”.

“À medida que as organizações de hoje se esforçam para alcançar a transformação digital, é necessária uma sólida base de segurança para garantir inovação, crescimento e resiliência contínuos”, disse Bryan Palma. “A plataforma XDR da Trellix protege nossos clientes à medida que damos vida à segurança com automação, aprendizado de máquina, arquitetura extensível e inteligência contra ameaças”. 

Com informações da assessoria de imprensa

Compartilhar: