GAT Digital Banner
GAT Digital Banner

Thales e Atos anunciam joint venture em ciberdefesa

Nova empresa Athea trabalhará em IA e big data como tecnologias capacitadoras essenciais para futuras capacidades militares
Da Redação
01/06/2021
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

As multinacionais francesas Thales e Atos anunciaram na quinta-feira dia 27 de maio a criação de uma joint venture chamada Athea, e também planos para desenvolver uma plataforma soberana de big data e IA que poderá atender clientes nos setores público e privado. As duas grandes empresas francesas de tecnologia estão unindo forças em um esforço para criarem a principal instituição da França em inteligência artificial e big data.

A nova parceria surge no momento em que as nações da Europa e de outras regiões focam em IA e em big data como tecnologias capacitadoras essenciais para futuras capacidades militares. “Com o aumento exponencial no número de fontes de informação e o aumento da pressão para responder mais rapidamente a possíveis problemas, as agências de estado precisam gerenciar volumes cada vez maiores de dados heterogêneos e acelerar o desenvolvimento de novos aplicativos de IA onde a segurança e a soberania são fundamentais”, disseram as empresas em um comunicado à imprensa.

Veja isso
Atos anuncia ter finalizado aquisição da In Fidem no Canadá
Thales e TT Electronics firmam parceria para reforçar segurança de OT

As duas começaram a discutir o potencial de uma joint venture há vários meses, segundo um porta-voz da Thales. “Juntos, vamos capitalizar nossas respectivas áreas de especialização para fornecer as melhores soluções de big data e inteligência artificial”, disse Marc Darmon, vice-presidente executivo para comunicações seguras e sistemas de informação da Thales, no comunicado. A Athea se baseará no trabalho de cada empresa no Projeto Artemis – destinado a fornecer aos militares franceses capacidade de processamento de big data – para construir um sistema que lide com segurança dados confidenciais em “escala nacional” e que também suporte a implementação de soluções em programas do governo.

Tanto a Atos quanto a Thales trabalharam na fase de demonstração do Artemis, em 2017, e ambas foram escolhidas em abril para preparar o lançamento em escala real do programa pela DGA, a agência francesa de compras militares. “A Athea irá gerar um enorme potencial de inovação e estimular o ecossistema industrial e de defesa, incluindo start-ups inovadoras para atender às necessidades de agências governamentais e outras partes interessadas no setor”, disse Pierre Barnabé, vice-presidente executivo sênior de big data e segurança cibernética na Atos.

Inicialmente a Athea se concentrará no mercado francês antes de tratar de problemas europeus. Isso indica que a joint venture não afetará os projetos multinacionais em andamento, como por exemplo o trabalho de Thales no Sistema Aéreo de Combate Futuro, franco-alemão-espanhol, ou o programa de combate implantável em nuvem da OTAN.

Um porta-voz da Thales disse que Athea pode muito bem trabalhar com a OTAN no futuro, à medida em que a aliança busque novas tecnologias. A OTAN identificou IA e big data como as primeiras áreas de tecnologia a serem visadas em sua estratégia de tecnologia emergente e disruptiva. Ela planeja lançar uma estratégia dedicada exclusivamente à inteligência artificial neste verão, possivelmente na Cúpula da OTAN, marcada para 14 de junho em Bruxelas.

Com agências de notícias internacionais

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Inscrição na lista CISO Advisor

* campo obrigatório