Thales compra a Tesserent, empresa australiana de segurança

Da Redação
14/06/2023

A multinacional francesa Thales está prestes a adquirir todas as ações da Tesserent em um negócio avaliado em A$ 176 milhões (dólares australianos), o equilavente a US$ 120 milhões. A Tesserent é uma provedora australiana de serviços de segurança cibernética e nuvem.

As duas empresas firmaram um contrato vinculativo de aquisição de 100% das ações da Tesserent, sendo que cada ação foi cotada a A$ 0,13. Com 1.354.182.116 ações, de acordo com a listagem da Tesserent na ASX, a bolsa de valores da Austrália, o valor patrimonial total das ações da provedora de segurança cibernética soma os A$ 176 milhões. Para a aquisição, a Thales deve utilizar as próprias reservas de caixa.

Após a aquisição, a Tesserent manterá sua marca, mas a identidade visual incluirá “Cyber Solutions by Thales”, para identificar a  multinacional da indústria de defesa e firmar sua presença na Austrália e na Nova Zelândia.

Kurt Hansen, CEO da Tesserent, disse ao site autraliano ARN que a entidade comercial permanecerá “totalmente intacta”, com aproximadamente 50 pessoas vindas do negócio de segurança cibernética da Thales Austrália para a empresa. Ele também acrescentou que nenhum funcionário será demitido como resultado do acordo. “Nosso plano de crescimento de três anos é ainda mais acelerado, pois a combinação da Tesserent e da Thales permitirá a oferta de serviços avançados para atender às necessidades de segurança cibernética na Austrália e na Nova Zelândia, inclusive nos setores governamental, de defesa e comercial”, disse ele.

“Todos os funcionários e gerentes da Tesserent são necessários à medida que continuamos a acelerar a execução de nosso plano de três anos. Os caminhos de carreira serão aprimorados para todos os nossos funcionários que fazem parte desta forte organização local e global. Não haverá nenhuma demissão.”

Veja isso
Thales adere à EuroQCI para projetos de segurança quântica
Lockbit vaza dados atribuídos à Thales, empresa nega incidente

Se aceito pelos acionistas da Tesserent e uma série de condições forem atendidas, o acordo deverá ser concluído até o segundo semestre. No entanto, se qualquer uma das partes desistir, será cobrada uma taxa de interrupção ou reversão de A$ 1,8 milhão.

O presidente da Tesserent, Geoff Lord, disse que o acordo representa um “prêmio significativo” em relação ao preço recente das ações da provedor de segurança cibernética e reflete um aumento no valor de mercado da empresa de A$ 225,4 milhões (cerca de US$ 153 milhões) desde 31 de dezembro de 2019.

A Tesserent encerrou seu ano fiscal de 2022 com uma queda no lucro líquido quase dobrando, de A$ 8,8 milhões para US$ 4,5 milhões. No entanto, o faturamento total da Tesserent aumentou 71%, para A$ 166 milhões. Além disso, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) cresceu 94%, de A$ 9,6 milhões para A$ 18,6 milhões (cerca de US$ 13 milhões).

Compartilhar: