Spam: Brasil é destaque no relatório da Check Point

Paulo Brito
26/05/2014

relatorio-ameacas-2013-checkpointO Brasil é destaque no relatório anual de malwares da Check Point – o país tem apenas 1% dos domínios de todo o mundo mas gera 4% do spam mundial. Isso significa que existe uma multidão de bots instalada em computadores e servidores brasileiros, disse ao Cisoadvisor Claudio Bannwart, diretor de alianças estratégicas da Check Point Brasil. Segundo ele, outro destaque são as ameaças desconhecidas: “Em todo o mundo, os malwares desconhecidos são a principal ameaça pois os antivírus tradicionais não conseguem identificar este tipo de problema. Além disso, cerca de 33% das empresas estão com seus produtos desatualizados e outras 73% possuem pelo menos um equipamento infectado por bot. É um grave problema que estamos enfrentando atualmente”, explicou.

O Brasil, segundo Bannwart, segue a média mundial de contaminações: “Fizemos diversas análises em nossos clientes e os resultados são muito parecidos com os resultados apurados pelo relatório mundial”, diz ele.

O Relatório de Segurança 2014, com as principais tendências de ameaças que impactam organizações em todo mundo. As informações são levantadas com base nos dados obtidos em pesquisa e na análise de mais de 200 mil horas de tráfego de rede monitorado em mais de 9 mil gateways de prevenção de ameaças, em organizações de 122 países durante todo o ano de 2013.

Para obter uma cópia completa do Relatório de Segurança deste ano, acesse:

http://www.checkpoint.com/securityreport

Compartilhar:

Últimas Notícias