Sony entrou com pedido de patente para reconhecimento de fake vídeos

Pedido no Patent Office dos Estados Unidos revela que a empresa está criando tecnologia de IA para detectar vídeos falsos
Da Redação
26/04/2021
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Um pedido de patente publicado pela Sony em 22 de abril de 2021 revela que a empresa está tentando desenvolver uma solução de inteligência artificial capaz de detectar se um vídeo foi falsificado ou adulterado. O pedido de patente categoriza a tecnologia deepfake como “interessante e divertida, mas potencialmente sinistra”. No entanto, já existem métodos para examinar imagens ou vídeos e determinar se eles foram alterados, já que certos vestígios ou irregularidades são ignorados no processo de produção. Esses vestígios podem incluir irregularidades de iluminação ou textura em uma imagem falsa que não estão presentes no original. Alguns deles podem ser discerníveis para uma pessoa, mas outros são indetectáveis, a menos que sejam processados ​​por meio de uma rede neural ou programa de IA.

Deepfakes e outros conteúdos de mídia criados artificialmente estão se tornando cada vez mais comuns na web. O cofundador da Pinscreen, empresa que usa inteligência artificial para criar avatares digitais, disse que o número de deepfakes na web dobra a cada seis meses. Conforme os deepfakes proliferam na web, segundo ele, logo ficará muito mais difícil separar o fato da ficção.

Veja isso
Deep fakes vão ganhar espaço e elevar mais o risco cibernético
Ferramenta da Microsoft revela pistas de deep fake em vídeos e fotografias

A publicação da patente menciona especificamente “dispositivos de computação, incluindo consoles de jogos como Sony PlayStation … ou outro fabricante de fones de ouvido de realidade virtual” e posteriormente explica que a imagem falsificada pode ser “um I-frame de um stream de vídeo”. Possivelmente a tecnologia da Sony será capaz de anular os deepfakes benignos ou maliciosos dos streams de jogos. Parece apenas uma questão de tempo antes que as pessoas comecem a falsificar streamers, o que pode ter muitas consequências negativas.

Com agências de notícias internacionais

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest