Solução Symantec facilita proteção de empresas

Paulo Brito
02/02/2016
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Com profissionais de segurança diante de um ambiente de ameaças em rápida mudança, uma coisa é clara: as soluções de hoje não são suficientes. Ataques avançados estão em ascensão, enquanto os profissionais de segurança, que têm de utilizar uma infinidade de produtos pontuais e individuais para combatê-los, estão em clara desvantagem.

Nos primeiros dias de 2016, a Symantec detectou uma infecção global (veja detalhes no Blog Post), registrando picos significativos em seu Sistema de Prevenção de Intrusão (IPS), com a assinatura Web Ataque: Mass Injection Website 19. Essa assinatura é usada para detectar quando um script escondido em um site comprometido redireciona os usuários para um site de hospedagem de código malicioso.Essas tentativas foram vistas principalmente nos Estados Unidos (47%), seguidas pela Índia (12%), Reino Unido, Itália e Japão (6% cada). No Brasil foram registradas 4% das tentativas. Os sites infectados com código de script podem ser de qualquer tipo, sites de negócios ou governo, e são alvo de uma série de organizações.

A boa notícia é que, com o lançamento no Brasil da Symantec Advanced Threat Protection (ATP), esse cenário de fragilidade tende a mudar. A Symantec é a primeira empresa a fornecer uma solução que descobre, prioriza e corrige ameaças avançadas e ataques de dia zero rapidamente, sem necessidade de instalação de novos agentes de endpoint, para quem já utiliza o Symantec Endpoint Protection.

Com um único clique, os clientes podem corrigir falhas nos três pontos de controle: endpoints, rede e e-mail, que é um fato inédito no mercado. Isto é possível graças à correlação dos dados de ameaças registrados nos pontos de controle local com todos os dados globais que a empresa mantém por meio de sua enorme telemetria. Com base em testes feitos pela Miercom, a Symantec ATP alcança uma detecção 30% melhor do que os produtos concorrentes.

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest