banner senha segura
senhasegura

SentinelOne inicia roadshow para captar US$ 1 bilhão

Roadshow é a fase em que as empresas com planos de abrir capital fazem a sua apresentação para variadas categorias de investidores
Da Redação
21/06/2021
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

A SentinelOne anunciou na manhã desta segunda-feira, 21, que vai iniciar o roadshow para sua proposta de oferta pública inicial de ações ordinárias classe A. No setor financeiro, o roadshow é a fase em que as empresas com planos de abrir capital fazem a sua apresentação para variadas categorias de investidores. A SentinelOne já apresentou a declaração de registro junto à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (“SEC”), para vender 32 milhões de ações ordinárias Classe A ao público. Além disso, a SentinelOne pretende conceder aos subscritores uma opção de 30 dias para comprar até 4,8 milhões de ações ordinárias Classe A adicionais. Espera-se que o preço da oferta pública inicial esteja entre US$ 26,00 e US$ 29,00 por ação.

Vendendo todas as ações ao preço mínimo, a captação da companhia alcança US$ 956,8 milhões; no preço máximo alcança US$ 1,067 bilhão. A SentinelOne se inscreveu para listar suas ações ordinárias Classe A na Bolsa de Valores de Nova York sob o símbolo “S”.

As soluções de segurança cibernética da SentinelOne abrangem prevenção, detecção, resposta e caça com base em IA em endpoints, contêineres, cargas de trabalho em nuvem e dispositivos IoT em uma única plataforma XDR autônoma.

Veja isso
Veeam planeja IPO e novas aquisições
Em 2031, prejuízo de ransomware alcança US$ 265 bi

Em outra notícia do setor de negócios, a Accenture Federal Services, uma subsidiária da Accenture (NYSE: ACN), comunicou ao mercado o recebimento de um pedido da Agência de Segurança Cibernética e Infraestrutura do Departamento de Segurança Interna (CISA) dos EUA, para proteger os sistemas do Poder Executivo Civil Federal (FCEB) contra ataques cibernéticos. O valor do contrato é de US$ 112 milhões.

A AFS fornecerá serviços cibernéticos avançados para a CISA para ajudar as agências FCEB a mitigar os efeitos dos ataques cibernéticos, incluindo ransomware, botnets e campanhas de malware, enquanto melhora a visibilidade em tempo real das ameaças cibernéticas.

Com agências de notícias internacionais

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Inscrição na lista CISO Advisor

* campo obrigatório