SEK compra startup de segurança em nuvem CleanCloud

Da Redação
20/04/2023

A SEK (Security Ecosystem Knowledge), fornecedora de soluções e serviços de cibersegurança voltados a proteger empresas de ameaças digitais complexas, anuncia a aquisição da CleanCloud, startup brasileira especializada em verificação de vulnerabilidades na nuvem com operações na América Latina e Estados Unidos. Trata-se da primeira compra realizada pela SEK, que iniciou as atividades no mercado no final de março.

A aquisição da CleanCloud tem como objetivo complementar o portfólio de soluções e serviços da SEK. Criada em 2016, a CleanCloud oferece uma plataforma para o gerenciamento de vulnerabilidades em nuvem. As soluções da companhia são voltadas a verificar se as configurações de segurança dos usuários de nuvens públicas como AWS, Google Cloud e Azure estão de acordo com boas práticas do mercado e as regulações estabelecidas pela Lei Geral de Propriedade de Dados (LGPD) e pelo Banco Central. Além disso, oferece FinOps (ferramenta de finanças e DevOps) para otimização de custos em nuvem AWS. 

A compra da  CleanCloud tem como base a perspectiva de aumento dos investimentos em serviços em nuvem na América Latina nos próximos anos, que, segundo relatório da IDC, os gastos com nuvem na região devem crescer a uma a taxa média de crescimento anual composto (CAGR, na sigla em inglês) de 22,2% no período de 2021 a 2025 e alcançar quase US$ 32 bilhões em 2025.

Veja isso
Cisco adquire a empresa de segurança em nuvem Lightspin
HPE adquire a Axis Security para oferta de SASE unificada

Para Maurício Prado, CEO da SEK, a aquisição da CleanCloud é fundamental para habilitar e acelerar a adoção de estratégias robustas de Cloud Security para atender às necessidades dos clientes de diferentes tamanhos frente às atuais e futuras ameaças digitais. “A SEK já oferece soluções voltadas para segurança de nuvem e agora fortalece sua capacidade de identificar e gerenciar práticas de configurações seguras em nuvem. Não tenho dúvidas de que a aquisição da CleanCloud fortalece ainda mais o nosso portfólio e amplia o nosso potencial para ajudar os clientes a enfrentar os desafios cada vez mais complexos de segurança cibernética a longo prazo”, explica.

A SEK, criada pelo Pátria Investimentos, nasceu da fusão de dois players que acumulam uma experiência de mais de 20 anos no segmento de cibersegurança na América Latina. A combinação das operações, somada a investimentos em pesquisa e desenvolvimento, deu origem à empresa. Com sede no Brasil e operações no Chile, Argentina, Colômbia e Peru, além de centros de pesquisa e desenvolvimento nos Estados Unidos e Portugal, a companhia já nasceu com um faturamento superior a US$ 100 milhões, uma carteira de mais de 650 clientes ativos e uma equipe de 750 profissionais.

Compartilhar: