security-2910624_1280.jpg

Segurança é um dos itens de maior peso na receita de canais

Da Redação
10/11/2023

Pelo segundo ano consecutivo, a TD Synnex realizou a pesquisa Direction of Technology, que apresenta dados importantes para a América Latina. O objetivo da pesquisa é entender as visões e expectativas dos canais parceiros no que toca a seus modelos de negócio, desempenho e estratégias, bem como o cenário de adoção de tecnologia por seus cientes, os usuários finais.

As conclusões do relatório regional se baseiam na segmentação dos resultados de pesquisa realizada em colaboração com a Canalys com 550 canais parceiros da TD Synnex, abrangendo a Europa, a região Ásia-Pacífico, a América do Norte e a América Latina e Caribe (LAC), sendo que a LAC ficou atrás apenas da Europa em número de entrevistados, com 22% do total.

“As particularidades da América Latina se refletem nos dados de nossa pesquisa deste ano. Os resultados revelam uma série de aspectos, mostrando que os parceiros da região estão realmente se preparando para uma realidade em mudança e ajustando suas prioridades e ofertas, como os canais em outras partes do mundo, mas de maneira diferente, correspondendo à sua situação e a de seu ecossistema”, disse Otavio Lazarini Barbosa, vice-presidente sênior da TD Synnex para a América Latina e Caribe.

As informações mais relevantes da pesquisa dizem respeito a oito tópicos:

Os modelos de negócio de nossos parceiros estão mudando, voltando-se mais para serviços

  • As vendas de hardware continuam importantes, mas sua participação está mudando para modelos de consumo e ciclo de vida do produto.
  • 84% dos parceiros da região aumentarão as vendas de serviços profissionais nos próximos 3 anos e 82% aumentarão as vendas de serviços gerenciados.

Veja isso
Symantec quer expandir rede de canais
Gastos globais com segurança sobem 11,6% no segundo trimestre

Segurança e redes são fundamentais para a maioria dos parceiros da LAC

  • Assim como em 2022, a segurança foi a principal fonte de receita nos últimos 12 meses, com 65% das respostas.  
  • Entre as principais fontes de receita durante este ano, os participantes mencionaram a segurança, em primeiro lugar (73%), seguida por redes (60%) e servidores e armazenamento (53%). Esses resultados refletem o papel dos canais, que fornecem ao mercado mais de 90% dos sistemas de segurança.

A nuvem híbrida será uma área importante de investimento no curto prazo

  • Para os próximos 24 meses, segurança (61%) e redes (45%) são as primeiras entre as oito tecnologias de maior relevância para os clientes; a nuvem híbrida e a infraestrutura de servidores e armazenamento estão em terceiro lugar (40%); em seguida estão a infraestrutura em hiperescala (38%), automação (35%), IA/ML (27%) e análise de dados (25%).
  • Quatro em cada dez parceiros reconhecem a nuvem híbrida como um ambiente importante para seus investimentos nos próximos dois anos e, de fato, 29% a consideram prioritária em relação aos investimentos em IA.

Muitos desafios a serem superados

  • Para três quartos dos parceiros de negócios, o aumento da concorrência e a pressão sobre as margens são os principais desafios atualmente.
  • Quase sete em cada dez afirmam que um dos principais desafios é atrair e reter talentos e, para 45%, esse continuará sendo o caso nos próximos dois anos.

As expectativas de crescimento destacam uma situação desafiadora

  • Nos últimos 12 meses, as expectativas de receita dos canais parceiros da TD Synnex na América Latina caíram ligeiramente; no entanto, mais de 70% esperam ver algum crescimento em 2023.
  • Cinquenta por cento esperam que esse aumento seja superior a 10%, o que é pelo menos 13 pontos percentuais mais alto do que no restante das regiões.
  • A proporção de parceiros que esperam uma redução na receita aumentou, mas isso representa apenas 14% dos entrevistados.

O investimento nos próximos 12 meses se concentrará no conhecimento

  • As prioridades de investimento dos participantes são: treinamento e certificação em tecnologia (com 77% das respostas), geração de demanda e marketing digital (74%) e investimento em padrões de segurança cibernética (66%).
  • Em seguida estão áreas como planejamento de negócios, gestão e aquisição de talentos, gestão do ciclo de vida do produto, soluções ESG e comércio eletrônico.

O planejamento interno de negócios está ganhando importância

  • Em 2023, 80% do planejamento de negócios foi feito internamente por nossos parceiros.
  • Além disso, os parceiros da América Latina estão migrando de um modelo de outsourcing para uma abordagem híbrida: este ano, 29% dos serviços gerenciados de TI serão híbridos, um aumento de 26% em relação ao ano anterior.

ESG ainda não é uma prioridade na América Latina

  • Apenas 8% dos parceiros da região oferecem atualmente soluções de credenciamento e relatórios de ESG, em comparação com 33% na América do Norte e 32% na Europa.
  • Apenas 16% planejam oferecê-las nos próximos dois anos.

 Este ano, a pesquisa foi realizada entre maio e julho, com a participação de 550 parceiros, 119 da América Latina, incluindo revendedores, integradores de sistemas, provedores de serviços, MSPs e distribuidores. Para fazer o download da pesquisa completa clique aqui.

Compartilhar: