Seguradora obtém selo de segurança PCI DSS

Com o certificado, a Prudential do Brasil passa a contar com o mais moderno sistema de proteção de informações e dados de clientes existente no mercado

Seguro-de-vida-e1568057814918.jpg

A Prudential do Brasil Seguros de Vida acaba de conquistar a certificação PCI DSS (Payment Card Industry – Data Security Standard), padrão de segurança de dados para transações financeiras, principalmente para pagamentos online com cartões de crédito. O certificado confere à seguradora a confiabilidade de seu sistema de proteção de informações de dados e a possibilidade de trabalhar com um número muito maior de bandeiras de cartões de crédito. Hoje, todos os processos da companhia são suportados por plataforma cloud e abordagens digitais que utilizam inteligência artificial.

“Confiabilidade é a palavra-chave do nosso negócio, por isso, o projeto incluiu toda a jornada do negócio da companhia, da abordagem ao cliente até a entrega da apólice. Recriamos processos para proteger a coleta de dados e a posterior transmissão de informações dos clientes em ambientes digitais e ainda os sem conexão, que foram mais desafiadores”, destaca Bruno Macena, business information security officer da Prudential do Brasil, responsável pela segurança da informação na América Latina.

Com o suporte da Cipher, empresa do Grupo Prosegur especializada em segurança cibernética, e com o suporte de uma consultoria externa, o novo sistema foi implantado em prazo recorde — apenas oito meses.  “O prazo habitual para a implantação de um projeto como esse é de três anos e a CIPHER reduziu esse prazo em 40%, além de proporcionar um custo-benefício 30% melhor”, destaca Paulo Poi, diretor de governança, risco e compliance para a América Latina da Cipher. 

O executivo ainda reforça que foi alcançado o objetivo de desenvolver um sistema sem impactar a experiência do cliente ou a relação da Prudential do Brasil com os canais parceiros e corretores. “Tivemos todo o cuidado de não engessar o coração da empresa — as vendas de seguros — com excesso de controles de segurança. O resultado foi um sucesso”, finaliza o executivo da Cipher.

Compartilhe
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp