Rompimento de fibra na França afeta internet em todo o mundo

Incidente impactou a conectividade de cabos submarinos para a Europa, Ásia e Estados Unidos, causando perdas de pacotes de dados
Da Redação
20/10/2022

Um extenso cabo de internet no sul da França foi rompido na terça-feira, 19, por volta às 20h30 no horário local e acabou impactando a conectividade de cabos submarinos para a Europa, Ásia e Estados Unidos, causando perdas de pacotes de dados e aumento da latência de resposta de sites.

A empresa de segurança em nuvem Zscaler relata que fez ajustes de roteamento para mitigar o impacto. No entanto, os usuários ainda enfrentam problemas devido aos provedores de aplicativos e conteúdo que roteiam o tráfego pelos caminhos afetados. “A Zscaler está trabalhando com os provedores de conteúdo para que atuem em sua parte do cabo”, disse a empresa em um comunicado. “Se você enfrentar lentidão com aplicativos específicos, especialmente aplicativos hospedados no exterior, entre em contato com o provedor do aplicativo e encaminhe-o para este post”, pedia a nota.

As equipes de reparo se deslocaram rapidamente para o local do rompimento, mas tiveram que esperar que a polícia coletasse evidências antes de serem autorizadas a trabalhar na restauração dos danos. Às 23h (horário local), foi confirmado que o incidente afetou três ligações: Marselha-Lyon, Marselha-Milão e Marselha-Barcelona. A 1h desta quarta-feira, 20, as equipes de reparo da Zscaler restauraram um dos links, mas os técnicos continuaram observando perdas de pacotes e latência para alguns destinos. Às 18h58 (horário local), a Zscaler postou uma atualização informando que o problema havia sido resolvido.

Veja isso
Operadora canadense Rogers explica por que saiu do ar
França investiga sabotagem contra backbones de internet

Ao mesmo tempo, a BCC relatou que um cabo submarino que liga as Ilhas Shetland ao continente escocês também foi danificado, deixando os internautas na ilha isolados do resto do mundo. Isso também impediu da população de 23 mil habitantes de Shetland de chamar serviços de emergência, pois toda a comunicação foi afetada. A polícia da Escócia emitiu hoje um aviso pedindo às pessoas que não façam ligações desnecessárias, pois as poucas linhas disponíveis devem permanecer abertas para emergências.

O incidente ocorreu quando os técnico estavam trabalhando para consertar a ligação entre as Ilhas Faroé e Shetland, que também foi cortada na semana passada.

O chefe de infraestrutura da Faroese Telecom, Páll Vesturbú, disse à BBC que se acredita que o rompimento dos cabos tenham sido feitos por navios de pesca, embora seja incomum ter dois incidentes simultaneamente. “Esperamos que sejam navios de pesca que danificaram o cabo, mas é muito raro termos dois problemas ao mesmo tempo”, disse à BBC.

As investigações sobre os incidentes ainda estão em andamento, e não há nada até este momento que indique que sejam atos de sabotagem.

Compartilhar:

Últimas Notícias