Rockwell Automation compra Avnet Data Security em Israel

Da Redação
10/01/2020
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Aquisição permite à Rockwell ajudar seus clientes industriais a desenvolver, manter e otimizar estratégias de segurança cibernética

A Rockwell Automation anunciou ontem que adquiriu a empresa israelense de segurança cibernética Avnet Data Security por uma quantia não revelada (a empresa comprada não está relacionada ao distribuidor americano Avnet). A Rockwell é fornecedora de soluções em automação industrial e transformação digital. É provável que a transação seja fechada no ano em curso, sujeita às condições habituais de fechamento. Não se espera que o acordo tenha impacto nos resultados financeiros da Rockwell para este ano.

A Avnet fornece uma variedade de serviços e soluções de segurança cibernética, incluindo:

  • Cyber ​​Academy: treinamento em segurança cibernética para ensinar aos funcionários sobre ataques cibernéticos
  • Resposta a incidentes: protege as organizações contra ataques cibernéticos em tempo real
  • Segurança de TI: oferece testes de penetração, avaliações de riscos e análises de segurança de aplicativos

Além disso, a Avnet emprega especialistas em cibersegurança, instrutores, consultores, pesquisadores e engenheiros de integração de sistemas. 

A aquisição da Avnet permite à Rockwell ajudar seus clientes a desenvolver, manter e otimizar estratégias de segurança cibernética, afirmou a empresa. Também garante que a Rockwell possa aproveitar a experiência em segurança cibernética da Avnet para acelerar o crescimento de suas soluções de informações e receitas de serviços conectados. 

Além disso, a aquisição da Avnet permite à Rockwell expandir seu portfólio de segurança cibernética, conforme afirmou a empresa em comunicado. Também poderia ajudar a Rockwell a capitalizar a crescente demanda global por soluções de segurança cibernética entre os fabricantes.

Os cibercriminosos têm como alvo organizações de todos os setores, e os fabricantes não são exceção. A empresa produtora de alumínio Norsk Hydro, por exemplo, sofreu no ano passado um ataque do ransomware LockerGoga e ficou paralisada globalmente. Os cibercriminosos também lançaram ataques do LockerGoga contra as empresas químicas americanas Hexion e Momentive.

Por essa e outras razões, há seguro cibernético disponível também para as indústrias. A seguradora especializada Beazley and Marsh, corretora e fornecedora de soluções de gerenciamento de riscos, apresentou no ano passado as coberturas de seguros cibernéticos First Response para indústrias. Esse produto serve para os fabricantes norte-americanos limitarem os riscos operacionais e de segurança cibernética, responder a violações de segurança e cumprir as regras de segurança de dados. 

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest