Rede russa de recarga de carros atacada e offline

Da Redação
28/02/2022

As estações de carregamento elétrico da empresa russa Rosseti, na rodovia M-11, estrada de alta velocidade que liga Moscou a S. Petersburgo, foram desativadas hoje para manutenção do sistema, informou a empresa: mensagens ofensivas ao presidente Putin apareciam nas telas ao serem ligadas pelos usuários. Outras consequências do ataque não foram reveladas pela Rosseti. A empresa publicou um post no Facebook observando que a infraestrutura de TI dessas estações de carregamento não está conectada com o restante das estações operadas pelas empresas do grupo Rosseti e nem com a atividade principal do grupo.

As estações de carregamento, observa a Rosseti, estavam em teste. Elas estão localizadas em áreas de descanso no km 23, em ambas as direções. Especialistas em segurança disseram que os principais componentes foram produzidos pela empresa Autoenterprise, da Ucrânia, enquanto um fornecedor russo produziu a parte mecânica.

Veja isso
Estudo: estações de recarga de carros elétricos têm bugs
29 cenários já ameaçam a segurança dos carros conectados

Segundo a Rosseti, o fabricante deixou um backdoor no controlador, o que lhe deu a possibilidade de acesso oculto via Internet: “Segundo nossas informações, esses controladores são amplamente utilizados em estações de carregamento elétrico exportadas pela Ucrânia para a Europa”, diz ainda a mensagem.

Com agências de notícias internacionais

Compartilhar: