ransomware-2320793_640.jpg

Ransomware REvil publica dados roubados pela primeira vez

Da Redação
13/01/2020
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Hackers vazaram dados pertencentes à Artech Information Systems, fornecedora americana de serviços e mão de obra terceirizada de TI

ransomware-2320793_640.jpg

Pela primeira vez, os hackers por trás do ransomware REvil, também conhecido como Sodinokibi, liberaram arquivos roubados de uma de suas vítimas porque o resgate não foi pago a tempo. Desde o mês passado, os responsáveis pela propagação do ransomware anunciaram que começariam a seguir o exemplo de Maze e publicar dados roubados das vítimas se não pagassem resgate.

Embora tenha havido ameaças contra a Travelex e a CDH Investments, elas não foram concretizadas. Tudo mudou neste fim de semana, quando o grupo de hackers declarou que começaria a “cumprir a promessa” ao publicar links para aproximadamente 337MB de arquivos de vítimas supostamente roubadas em um fórum russo de malware e hackers.

Os hackers afirmam que os dados pertencem à Artech Information Systems, fornecedora de serviços e mão de obra terceirizada de TI que se descreve como “empresa compromissada com a diversidade, como a minorias e mulheres nos EUA”, e que serão divulgadas mais informações se não receberem o resgate.

“Essa é uma pequena parte do que temos. Se não houver movimentos, venderemos os dados comerciais e pessoais restantes, mais importantes e interessantes, a terceiros, incluindo detalhes financeiros”, diz o comunicado.

No momento, o site da Artech está inoperante e não se sabe se é devido ao ataque. Ao tentar ocultar esses ataques e o roubo de dados de funcionários, empresas e clientes, as empresas não estão apenas arriscando multas e ações judiciais, mas também colocando em risco dados pessoais. Essa prática de usar dados roubados como alavancagem não vai desaparecer e só vai piorar. Com agências de notícias internacionais.

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest