GAT Digital Banner
GAT Digital Banner
dark-3123582_1280-1.jpg

Preços de dados roubados na dark web vão de US$ 25 a US$ 6 mil

Produtos ofertados incluem de números de cartão de crédito, nomes de usuário e senhas de bancos a credenciais de mídia social
Da Redação
16/05/2021
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

A Privacy Affairs, provedora de informações para proteção de dados, descobriu centenas de amostras de dados vendidas na dark web por preços que variam de US$ 25 a US$ 6 mil, dependendo da sensibilidade dos dados que o “cliente” deseja comprar.

Os operadores de ameaças, além de ferramentas de hacking e amostras de malware, estão vendendo em fóruns clandestinos da dark web informações pessoais vazadas ou roubadas, como números de cartão de crédito, nomes de usuário e senhas de bancos e credenciais de mídia social.

De acordo com uma investigação recente da Privacy Affairs em várias lojas darknet, dados privados relacionados a organizações como NASA, McDonald’s, Visa, MasterCard, Microsoft e Google foram encontrados sendo vendidos na dark web. Os pesquisadores examinaram vários mercados da dark web e criaram um Índice de Preços da Dark Web, que traz um menu de preços de várias informações roubadas.

Os cibercriminosos também tentam atrair a clientela com descontos e promoções do tipo “compre um, leve um” para informações básicas dos usuários e detalhes financeiros. O Departamento de Assuntos de Privacidade da Privacy Affairs descobriu que logins de contas bancárias custam em média US$ 40, enquanto detalhes de cartão de crédito, incluindo dados associados, custam de US$ 14 a US$ 30. Uma gama completa de documentos e detalhes de contas podem ser obtidos por US$ 1.000.

Veja isso
34 grupos de ransomware vazam na dark web dados roubados
Plataforma verifica se uma credencial de RDP vazou na dark web

“Com o influxo maciço de ofertas, os compradores parecem estar gravitando em direção a sites maiores e mais confiáveis, como o da Casa Branca, que lidera o mercado de vendas de informações vazadas ou roubadas. Os fóruns da dark web estão, inclusive, começando a parodiar os mercados tradicionais com ofertas como, por exemplo, “quem comprar dois cartões de crédito clonados, ganha um de graça!”, disseram os pesquisadores.

Novos dados adicionados regularmente

A Privacy Affairs descobriu que há muito mais dados sensíveis sendo vendidos este ano na comparação com o ano passado. Identificação falsa, cartões de crédito clonados, contas criptografadas hackeadas e contas do Uber estão as mais novas ofertas de vendas na dark web este ano.

“Contas criptografadas hackeadas parecem ser um dos itens mais valiosos para compra. Devido aos preços exorbitantes do Biticoin e de outras criptomoedas, as contas hackeadas podem gerar grandes somas de dinheiro, protegidas por medidas de segurança relaxadas após o processo de verificação inicial”, disseram os pesquisadores

Eles também descobriram que os operadores do mercado dark net não estão aceitando pagamentos em Bitcoin e passaram a exigir pagamentos em Monero, além de se comunicaram apenas por criptografia PGP para evitar o rastreamento e detecção agentes da lei.

Preço médio dos produtos
vendidos na dark web
CategoriaProdutoPreço médio
Dados de cartões de créditoCartão Mastercard clonado com PINUS$ 25
Cartão American Express clonado com PINUS$ 35
Cartão Visa clonado com PINUS$ 25
Detalhes de cartão de crédito, limite da conta até US$ 1.000US$ 150
Detalhes de cartão de crédito, limite da conta até US$ 5.000US$ 240
Detalhes de cartão de crédito hackeado (global) com CVVUS$ 35
Dados de contas bancáriasLogins de contas bancárias roubados, mínimo US$ 100 na contaUS$ 40
Logins de contas bancárias roubados, mínimo US$ 2.000 na contaUS$ 120
Dados de serviços de pagamentoDetalhes de conta PayPal roubada, com o mínimo US$ 100US$ 30
Detalhes de conta PayPal roubada, com o mínimo US$ 1.000US$ 120
Transferências do PayPal de conta roubada, de US$ 100 a US$ 1.000US$ 50
Transferências do PayPal de conta roubada, de US$ 1.000 a US$ 3.000US$ 340
Transferências do PayPal de conta roubada, de US$ 3.000 ou maisUS$ 180
Dados de mídias sociaisConta do Facebook hackeadaUS$ 65
Conta do Instagram hackeadaUS$ 45
Conta do Twitter hackeadaUS$ 35
Conta do GMail hackeadaUS$ 80
Seguidores do Instagram x 1.000US$ 5
Seguidores do Spotify x 1.000US$ 2
Seguidores da página da empresa no LinkedIn x 1.000US$ 12
Seguidores do Pinterest x 1.000US$ 4
Dados de serviços hackeadosConta de motorista do Uber hackeadaUS$ 14
Conta de usuário do Uber hackeadaUS$ 8
Conta Netflix hackeada – assinatura de 1 anoUS$ 44
Conta HBO hackeadaUS$ 4
MawareMlaware Premium x 1.000US$ 5.000
Malware de baixa qualidade global, baixa taxa de sucesso x 1.000US$ 50
Malware de média qualidade global, 70% de taxa de sucesso x 1.000US$ 80
Fonte: Privacy Affairs

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Inscrição na lista CISO Advisor

* campo obrigatório