Parlamentos da Eslováquia e Polônia atingidos por ataques

Ciberataques atingiram os parlamentos eslovaco e polonês na quinta-feira, derrubando o sistema de votação na legislatura da Eslováquia, disseram autoridades parlamentares
Da Redação
30/10/2022

Ciberataques de negação de serviço atingiram os parlamentos da Eslováquia e da Polônia na quinta-feira dia 27 de Outubro, derrubando o sistema de votação na legislatura da Eslováquia, disseram autoridades parlamentares. “O ataque foi multidirecional, com origem inclusive de dentro da Federação Russa”, disse o Senado polonês em comunicado.

Veja isso
Industroyer2 traz risco imediato para o setor elétrico
Cibercrime sofisticou seus métodos de ataque DDoS

De acordo com uma declaração de um representante do Senado polonês, ataques cibernéticos aos governos da Polônia e da Eslováquia foram realizados a partir de vários países, entre os quais a Federação Russa. Autoridades polonesas disseram acreditar que os ataques podem estar ligados a uma votação no Senado que declarou o governo russo um “regime terrorista”. Segundo Gabor Grendel, vice-presidente do parlamento eslovaco, os hackers paralisaram toda a rede informática do parlamento por volta das 11 horas, razão pela qual a sessão parlamentar não pôde ser realizada, sendo a votação interrompida.

Além da rede de TI, o ciberataque interrompeu as linhas telefônicas, o que impediu os parlamentares de votar. Agora, especialistas técnicos eslovacos estão trabalhando ativamente na restauração de sistemas e na identificação da origem do ataque.

Segundo o parlamentar, todos os computadores e linhas telefônicas caíram, impossibilitando os parlamentares de votar em diversos projetos de lei. “Não identificamos a origem deste problema, nossos técnicos estão resolvendo”, disse o presidente do parlamento eslovaco Boris Kollar.

Compartilhar: