Network Rede Firewall Cdn

Pandemia empurrou todo mundo para redes zero trust

Pesquisa da Forrester encomendada pela Cloudflare mostra tendência acelerada pelo home office da pandemia
Da Redação
20/10/2020
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Um relatório da Forrester Research encomendado pela Cloudflare indica que a pandemia covid-19 organizações de todos os tamanhos a adotarem o modelo de segurança zero trust. O relatório, publicado ontem, constata que muitas empresas buscavam o zero trust para solucionar práticas de segurança legadas, que impediam o suporte a trabalho remoto. O relatório também descobriu que muitas organizações não estavam preparadas para a migração para a nuvem durante a pandemia. Consequentemente, as equipes de segurança de TI se esforçaram para configurar seus perímetros de rede e permitir acesso remoto, às vezes abrindo mão da segurança.

O relatório concluiu que a maioria das empresas não estava preparada para enfrentar as interrupções causadas pelo covid-19. No entanto, as empresas apesar disso aceleraram suas transformações, migrando para a nuvem com a segurança em mente – incluindo a adoção do modelo de segurança zero trust. Para iosso, elas investiram mais em ferramentas SaaS e na compra de novos dispositivos para garantir a segurança do trabalho remoto. No entanto, as pequenas empresas eram mais econômicas em comparação com organizações maiores, diz o relatório.

Veja isso
Empresas aderem ao modelo zero trust para enfrentar alta de violações
Implantação de confiança zero começa na segmentação de rede

O relatório concluiu que a interrupção da covid-19 afetou as empresas de várias maneiras: 64% dos tomadores de decisão entrevistados disseram que a “receita e o planejamento da empresa” foram as áreas mais afetadas. Mais da metade (53%) dos entrevistados disse que a crise afetou a forma como os clientes faziam negócios com suas organizações, enquanto 52% indicaram que a covid-19 causou uma mudança no modelo de trabalho distribuído.

A covid-19 também abriu uma nova superfície de ataque para vários atores de ameaças: mais da metade de todas as empresas enfrentaram violadores de dados (58%) ou aumento nas tentativas de phishing (55%). Os ataques de ransomware afetaram 29% dos entrevistados.

Com agências internacionais

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest