writing-1149962_1280.jpg

Palo Alto adquire a israelense Talon por US$ 625 milhões

O negócio deve ser fechado nesta segunda-feira, 6. Na semana passada, a empresa comprou a israelense Dig Security por US$ 315 milhões
Da Redação
06/11/2023

A guerra em Gaza não impediu a Palo Alto Networks de fechar acordos significativos com empresas israelenses. Apenas alguns dias depois de adquirir a empresa israelense Dig Security, a fornecedora de soluções de cibersegurança deve anunciar sua compra mais substancial em Israel este ano: a Talon Cyber Security, desenvolvedora de um navegador corporativo. 

Embora o valor exato da compra não deva ser divulgado, estima-se que seja de cerca de US$ 625 milhões. Juntamente com a aquisição da Dig Security, esses dois negócios representam um investimento combinado de aproximadamente US$ 1 bilhão.

Como parte do acordo, espera-se que os 130 funcionários da empresa recebam cerca de US$ 70 milhões a US$ 80 milhões, o que resultará em um número substancial de funcionários que receberão remuneração superior a US$ 1 milhão cada. 

Em sua última rodada de investimentos, a empresa foi avaliada em US$ 350 milhões, o que garante um retorno significativo para todos os investidores da empresa. Isso a diferencia das transações recentes envolvendo empresas de segurança cibernética, em que os investidores muitas vezes não obtinham lucro.

Ofer Ben-Noon, um dos fundadores da companhia, registrará a segunda venda significativa de uma empresa de segurança cibernética. Em 2017, ele negociou a Argus com a gigante automotiva alemã Continental AG, por aproximadamente US$ 350 milhões. Com a venda das duas empresas ele vai receber cerca de US$ 1 bilhão em seis anos. 

A Talon levantou um total de US$ 126 milhões até o momento, após uma rodada de investimento de Série A de US$ 100 milhões em agosto de 2022. Ela foi fundada em 2021 e emprega atualmente 130 pessoas, sendo 85 baseadas em Israel e o restante nos Estados Unidos. Sua principal concorrente, a Island, cofundada pelos empresários Dan Amiga e Michael Fay, é avaliada em US$ 1,5 bilhão, tornando-se a principal empresa independente do setor mesmo após o acordo. Agora, ela deve enfrentar uma concorrência feroz da Palo Alto Networks.

Veja isso
Palo Alto adquire startup de segurança em nuvem Dig Security
Canalys: Palo Alto lidera mercado global de cibersegurança

Segundo a empresa, o navegador TalonWork simplifica a segurança de endpoint, servindo como um ponto de acesso seguro a aplicativos e dados corporativos em qualquer dispositivo, gerenciado ou não, e em qualquer sistema operacional. “Com o Talon, as equipes de segurança se beneficiam de visibilidade profunda da atividade do navegador e do aplicativo, bem como de recursos de segurança nativos, como autenticação, prevenção de perda de dados e controles zero trust”, diz folder sobre o produto.

A Palo Alto, fundada em 2005 pelo israelense Nir Zuk, atualmente tem ações negociadas em Wall Street e atingiu um valor de mercado de US$ 75 bilhões, tornando-se a maior empresa de segurança cibernética do mundo em termos de valor de mercado.

O centro de pesquisa e desenvolvimento israelense de Palo Alto é o segundo maior fora de sua sede na Califórnia. O centro israelense se concentra principalmente no desenvolvimento de seus principais produtos, incluindo o Cortex, que automatiza o gerenciamento de incidentes cibernéticos, e o Prisma, projetado para segurança em nuvem. Com agências de notícias internacionais.

Compartilhar:

Últimas Notícias