Paciente de hospital atacado recebe narcótico por engano

Da Redação
20/06/2024

Médicos, enfermeiros e funcionários administrativos do Ascension, um sistema de saúde com mais de 140 unidades nos Estados Unidos, estão cometendo até erros de administração de medicamentos por causa da confusão causada por um ataque de ransomware: no dia 8 de Maio, um ataque do grupo Black Basta foi descoberto na rede da organização. Um médico do pronto-socorro de um hospital Ascension em Michigan, que permaneceu anônimo por medo de retaliação, disse aos portais Michigan Public e ao Kaiser Health News que um paciente recebeu um narcótico perigoso destinado a outra pessoa por causa da papelada confusa.

Veja isso
Hospital na França suspende cirurgias após ataque
Ataque a hospitais de Londres impediu 800 cirurgias

Melissa LaRue, enfermeira da UTI do Hospital Ascension Saint Agnes, em Baltimore, descreveu uma situação difícil ao “administrar a dosagem errada” de um medicamento para pressão arterial de um paciente. “Felizmente”, disse ela, foi “verificado três vezes e remediado antes que isso pudesse acontecer. Mas acho que o potencial de dano existe quando você tem tantas informações e papelada que precisa analisar.

Apesar da Ascension ter afirmado, em 14 de junho, que o acesso à rede foi “restaurado”, mais de uma dúzia de funcionários revelaram que erros surpreendentes ainda ocorrem em hospitais – desde trocas de medicamentos até resultados de testes perdidos.

Os funcionários dizem que seus hospitais estão contando com soluções alternativas chocantes para contornar os computadores, incluindo o uso de notas adesivas manuscritas para acompanhar dezenas de pacientes gravemente enfermos.

Compartilhar: