Os carros mais vulneráveis – no Black Hat 2014

Paulo Brito
05/08/2014
Os carros mais vulneráveis - no Black Hat 2014
O Infinity Q50

Nesta quarta-feira em Las Vegas os pesquisadores de segurança Charlie Miller e Chris Valasek apresentam as descobertas que fizeram em seus estudos sobre as vulnerabilidades nos mais modernos modelos de automóveis durante o Black Hat 2014. O estudo deles mostra quais os modelos mais vulneráveis e também por quê. A pior situação encontrada pelos pesquisadores é dos modelos 2014 do Jeep Cherokee e Infiniti Q50, e do Escalade 2015 – são os carros mais fáceis de invadir. Já os modelos 2014 de Dodge Viper, Audi A8 e Honda Accord estão entre os mais difíceis.

Os pesquisadores estudaram cuidadosamente as funcionalidades de rede e de automação para verificar de que modo alguém poderia atacar por meio do bluetooth ou do aplicativo de telefonia embarcado para assim conseguir acesso ao controle de recursos físcos do carro, como estacionamento automático, direçao e freios. Alguns ataques exigem que o atacante esteja a poucos metros do carro, mas há outros que podem ser feitos à distância. Naturalmente os veículos com menos recursos computacionais oferecem mais dificuldades para serem atacados.

 

Compartilhar:

Últimas Notícias