O fim da McAfee, sob os aplausos de John McAfee

Paulo Brito
07/01/2014

intel abandona marca mcafeeO presidente da Intel, Brian Krzanich, anunciou ontem pela manhã em sua palestra no Consumer Electronic Show em Las Vegas que a empresa deixará de utilizar o nome McAfee como marca de seus produtos de segurança para consumidores.

A Intel adquiriu a empresa de John McAfee cerca de 20 anos atrás e durante todo esse tempo utilizou a marca. O anúncio feito por Krzanich deixou o fundador John McAfee emocionado, surpreso e agradecido. Dia 18 de junho, ele havia publicado um vídeo (infelizmente de muito mau gosto e recheado de palavrões) demonstrando sua irritação e a de muitos usuários com as características atuais do antivírus da Intel – o McAfee: atualização em horários impróprios, paralisação do computador, impossibilidade de fazer pausa e enormes dificuldades em desinstalar o programa.

A aparição de John McAfee no vídeo pode ter acelerado fortemente a decisão da Intel em disassociar o nome McAfee do seu produto: além de palavrões, o fundador da McAfee aparece cercado de mulheres, fazendo poses eróticas e simulando cheirar cocaína. Para finalizar, “desinstala” o antivírus com um tiro num notebook. Tudo o que uma empresa não quer ver associada à sua marca. Ao saber da decisão da Intel, ele comentou; “Agora sou eternamente grato à Intel por libertar-me mdesta terrível associação do meu nome com o pior software do planeta. Estas não são palavras minhas, mas de milhares de usuários irados… Minha gratidão diante da decisão da Intel está muito além das palavras”.

 

 

Compartilhar:

Últimas Notícias