Darkweb-1.jpg

Número de usuários da dark web aumenta drasticamente na pandemia

Estudo avalia que muitos recorreram ao cibercrime em meio à crise econômica gerada pela covid-19
Da Redação
07/01/2021
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

O número de membros em fóruns da dark web aumentou exponencialmente em decorrência da pandemia de covid-19. A expansão foi de 44% durante os primeiros meses de isolamento social no ano passado, de acordo com novos dados da Sixgill. A empresa israelense de inteligência cibernética que analisa e monitora a dark web examinou cinco fóruns populares em inglês e russo para medir a sua popularidade ao longo do tempo e quem é responsável pela maioria das atividades. 

Coletando dados desde o lançamento de cada fórum até o fim de 2020, a Sixgill descobriu que todos os cinco sites aumentaram exponencialmente seu número de membros, sem afetar a popularidade uns dos outros. Embora alguns tenham crescido mais rápido do que outros e alguns meses tenham sido mais bem-sucedidos, a tendência geral aponta para um aumento contínuo no número de usuários que visitam sites obscuros, concluiu a empresa.

“Isso é importante porque, conforme a população da dark web aumenta, também aumenta a atividade criminosa”, disse o líder de pesquisa de segurança da Sixgill, Dov Lerner. Mais estarrecedor ainda, segundo ele, é o fato de que os números de usuários dispararam para dois dígitos de janeiro até junho de 2020, antes de reverter para os números pré-covid.

Veja isso
Analistas de fraude bancária não usam evidências disponíveis na dark web 
Mercados na dark web evoluem apesar da polícia, afirma Europol

“Relatórios anteriores da Sixgill constataram um tremendo aumento em tipos específicos de crimes cibernéticos no submundo durante o isolamento social inicial. Isso inclui contas de lojas de games, credenciais RDP [remote desktop protect] comprometidas, serviços de lavagem de dinheiro e narcóticos. A pesquisa demonstra que o número de participantes no submundo cibernético também aumentou no período”, explicou Lerner.

“Por que os isolamentos de coronavírus levariam a um aumento massivo de usuários de fóruns da dark web? Alguns desses usuários estavam entediados em casa e decidiram explorar. Outros podem ter se interessado em recorrer ao cibercrime em meio à crise econômica gerada pela pandemia e à proliferação de crimes cibernéticos que visaram trabalhadores remotos, como ransomware e phishing”, completou ele. 

A pesquisa também revelou que, embora o número de usuários esteja crescendo, apenas um pequeno número parece ser responsável pela grande maioria das postagens. Na verdade, as 20% principais publicações frequentes geraram 73% das postagens. “Isso pode ser devido ao grande número de agentes de ameaças inexperientes vindo apenas para observar, mas não participando da atividade, ou ao fato de usuários experientes terem criando contas de ‘burner’ para postar a partir de um novo nome de usuário a cada vez”, argumentou Lerner. Com agências de notícias internacionais.

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Inscrição na lista CISO Advisor

* campo obrigatório