MtGox invadida perde US$ 350M

Paulo Brito
25/02/2014
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

MtGox invadida perde US$ 350MUma das maiores plataformas de compra e venda de bitcoins, a MtGox, que tem sede no Japão, saiu do ar esta manhã: ela foi invadida e calcula-se que perdeu US$ 375 milhões em bitcoins de clientes que ali guardavam suas wallets. Além do site ter saído do ar, o presidente da empresa e os funcionários simplesmente desapareceram, ninguém os encontra segundo a Reuters e a Wired.  As transações haviam sido suspensas na véspera e o presidente, Mark Karpeles, havia pedido demissão do conselho da Bitcoin Foundation, que supervisiona a moeda.

Num comunicado conjunto, os presidentes de outras empresas que fazem câmbio com bitcoins (Coinbase, Kraken, Bitstamp.net, BTC China, Blockchain.info e Circle) afirmaram que o incidente é resultado de ações da MtGox e que há centenas de outras empresas operando para garantir a segurança da moeda. Difícil será convencer os donos da moeda a continuarem guardando as chaves criptográficas de cada uma na internet.

 

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest