police-378255_640.jpg

Motorola entrega mais dois projetos na área de segurança pública

Da Redação
05/03/2020
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Um deles é do laboratório de pesquisa para aplicações do estado da Paraíba, e o outro projeto é a digitalização da rede de rádios em padrão P25 do estado de Rondônia

police-378255_640.jpg

A Motorola Solutions conclui mais dois projetos na área de segurança pública, que envolvem também contratos de serviços. Um deles é do laboratório de pesquisa para aplicações do estado da Paraíba, que já está operando em conjunto com o corpo técnico da empresa. O outro projeto é a digitalização da rede de rádios em padrão P25 do estado de Rondônia, cuja primeira fase foi entregue agora e que possibilitará a integração entre diversas forças da região, incluindo fronteiras, uso de GPS, transmissão de dados e criptografia.

Nos projetos foram instalados equipamentos das três empresas adquiridas no ano passado pela Motorola: a VaaS (reconhecimento de placas), Avtec (consoles de despacho) e a WatchGuard (câmeras veiculares e junto ao corpo e software para gerenciamento de evidências).

Na área privada, a Motorola também concluiu a implantação da rede na Klabin para conectividade de áreas afastadas, onde outros meios não chegam. Agora, a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil pode monitorar mais de 300 máquinas por GPS e elevar a segurança de seus funcionários.

“Hoje vemos delegacias pensando no uso da nuvem como alternativa para o armazenamento de vídeos e empresas usando dados dos nossos rádios para reduzir custos e aumentar a produtividade. Seguimos com foco em levar segurança nos momentos que realmente importam”, diz Elton Borgonovo, presidente da Motorola Solutions Brasil. “Acredito que estamos muito bem posicionados para um 2020 sólido, trazendo soluções de vídeo para segurança pública, serviços integrados no setor privado e as tecnologias mais avançadas para missão crítica que serão apresentadas ainda neste semestre”, conclui.

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest