Módulo bloqueia acesso suspeito à sua câmera

Paulo Brito
05/10/2017
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
mark zuckerberg camera
No detalhe, a fita adesiva bloqueia a câmera de Zuckerberg (clique para ampliar)

Cerca de um ano atrás, Mark Zuckerberg, o fundador do Facebook, publicou uma foto na qual aparecia também seu notebook. A câmera do notebook estava coberta com um pedaço de fita adesiva. A explicação é simples: em caso de invasão, pelo menos o hacker não faria espionagem no ambiente.  Câmeras, microfones e outros recursos de smartphones e notebooks são invadidos com frequência por hackers e espiões. A empresa Avast, especializada em segurança para dispositivos, anunciou ontem o lançamento de um módulo em seu antivírus para que o proprietário do dispositivo seja alertado toda vez que houver um acesso à câmera.

Só na versão paga

Batizado de Webcam Shield, ele também bloqueia aplicativos não confiáveis, emitindo um aviso sempre que há uma tentativa suspeita de conexão à câmera. Infelizmente o recurso só estará disponível na versão paga Avast Premier. O módulo força todos os aplicativos (mesmo os seguros, como é o caso do Skype) a solicitar a permissão do usuário para obter acesso à webcam. O Shield consegue bloquear totalmente o uso da câmera, ao desabilitar seu driver dentro do Windows.

 

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest