spying-3346160_1280.jpg

MI5 e FBI explicam por que hackers espionam para a China

Da Redação
07/07/2022

Pela primeira vez na história os chefes do FBI, Chris Wray, e do MI5, Ken McCallum, fizeram uma declaração pública sobre as intenções da China por trás das campanhas de hacking patrocinadas há anos pelo governo do país e principalmente sobre as ações que têm o objetivo de se apropriar de propriedade intelectual no Reino Unido e no resto do mundo. McCallum afirmou que “o desafio mais revolucionário que enfrentamos vem do Partido Comunista Chinês. Ele está aplicando pressão secretamente em todo o mundo. Isso pode parecer abstrato. Mas é real e é urgente. Precisamos falar sobre isso. Precisamos agir”.

Veja isso
Holding do Wall Street Journal atacada por grupo ligado à China
Noruega diz que China está por trás de hack ao governo

Ponderando sobre as intenções do Partido Comunista da China, McCallum afirmou: “Minhas principais mensagens para você hoje são:
I. Em volume, a maior parte do que está em risco com a agressão do Partido Comunista Chinês não é, por assim dizer, coisa minha. É seu. A experiência, tecnologia, pesquisa e vantagem comercial líderes mundiais desenvolvidas e mantidas por pessoas nesta sala e outras como você.
II. Há muito que você pode fazer para se proteger. Proporcionalmente. Sem fazer da sua organização, da sua start-up ou da sua universidade uma fortaleza; enquanto ainda se envolve com o mundo, incluindo a China.
III. Somos mais fortes juntos. O PCC adota uma abordagem de todo o estado em que empresas e indivíduos são obrigados por lei a cooperar com o Partido. Em nossas sociedades livres, podemos fazer melhor. Construindo parcerias confiáveis ​​– em nossos sistemas nacionais e, como simbolizado hoje, internacionalmente”.

“No início de seu tempo como líder, o presidente Xi disse que em áreas de tecnologia central onde seria impossível para a China alcançar o Ocidente até 2050, eles “devem pesquisar etapas assimétricas para alcançar e ultrapassar”. A escala da ambição é enorme. E não é realmente um segredo. Qualquer número de planos estratégicos públicos, como Made in China 2025, mostra claramente a intenção”, afirmou o executivo.

O pronunciamento completo está em “https://www.mi5.gov.uk/news/speech-by-mi5-and-fbi”.

Compartilhar: