Mercado global de passwordless deve atingir US$ 53 bi em 2030 

Da Redação
27/04/2023

As tecnologias de autenticação sem senha devem experimentar um forte crescimento nos próximos anos devido à crescente necessidade de medidas de segurança que vão além das senhas tradicionais. Estima-se que, até 2030, o mercado global de autenticação sem senha deve movimentar US$ 53,64 bilhões, o que, se confirmado, representará uma taxa média de crescimento anual composto (CAGR, na sigla em inglês) de 16,7% no período de 2022 a 2030, de acordo com estudo da Research&Markets.

A autenticação sem senha é um método de autenticação da identidade do usuário sem o uso de senhas tradicionais. O processo de segurança que depende de algumas características biológicas únicas de um indivíduo para verificar sua autenticidade. Para obter a confirmação, ambas as amostras (humana e máquina) dos dados biométricos devem corresponder. De acordo com o relatório  da empresa de pesquisas e análise de mercado, a  autenticação sem senha oferece vários benefícios, como melhor experiência do usuário, maior segurança e redução no custo total de propriedade. 

A crescente penetração de smartphones e outros dispositivos eletrônicos de consumo é um fator importante que contribui para o crescimento do mercado de autenticação biométrica. Além disso, a rápida adoção de tecnologias como inteligência artificial e internet das coisas (IoT) em dispositivos como smartphones e tablets, entre outros, é outro fator importante responsável pelo crescimento do mercado de autenticação sem senha. Sensores de impressão digital digitais e o reconhecimento facial, além de cartões inteligentes, têm sido amplamente implementados em dispositivos eletrônicos de consumo, como smartphones e tablets, para verificar identidades, e esses pontos de segurança permitem uma melhor experiência de uso e abrem caminho para um fluxo suave de dados entre os pontos. 

O levantamento da Research&Markets mostra que a maioria das organizações tem adotado o uso de autenticação por impressão digital e smartcards em seus escritórios, para seus funcionários. Os funcionários usam cartões inteligentes ou autenticação biométrica para entrar e sair das instalações. No entanto, ainda são poucas as organizações que fazem uso de reconhecimento facial, reconhecimento de íris e análise de voz para autenticar seus funcionários. 

Um dos fatores que vem impulsionando a adoção da autenticação sem senha é o aumento dos casos de roubo de dados — e até mesmo financeiro — e de violação de identidade em dispositivos como laptops, smartphones, tablets, entre outros, em todo o mundo. E, como consequência, as empresas e as pessoas estão percebendo cada vez mais os vários benefícios do reconhecimento biométrico que vão além da segurança,  tais como a facilidade de uso, agilidade na autenticação e conveniência.

Veja isso
Autenticação baseada em senhas falha na segurança, indica estudo
Biometria comportamental e a eficácia na prevenção a fraudes

A Research&Markets segmenta o mercado de autenticação sem senha com base no tipo: em reconhecimento de impressão digital, reconhecimento de impressão palmar, reconhecimento de íris, reconhecimento facial, análise de voz e cartão inteligente, entre outros. Com base no componente, o mercado de autenticação sem senha é segmentado em hardware e software. Com base no tipo de autenticação, o mercado é segmentado em autenticação de fator único e autenticação multifator. Com base na motilidade, é dividido em fixo e móvel.

Além disso, com base na indústria de uso final, o mercado de autenticação sem senha é segmentado em BFSI (bancos, serviços financeiros e seguros), eletrônicos de consumo, logística, setor público, aeroespacial e defesa, saúde e varejo, telecomunicações, governo, entre outros. Há ainda a segmentação por região: América do Norte, Europa, Ásia-Pacífico e restante do mundo.

Os principais players do mercado global de autenticação sem senha na classificação da Research&Marketssão a NEC, Microsoft, HID Global Corporation, M2SYS Technology, Safran, Dermalog Identification Systems, Fujitsu, East Shore Technologies, Thales e Crossmatch Technologies.

Compartilhar: