Máquinas de escrever contra a espionagem

Paulo Brito
19/07/2014

Máquinas de escrever contra a espionagemOs políticos alemães estão pensando oem voltar às velhas formas de comunicação para driblar a bisbilhotice das agências de espionagem dos Estados Unidos. Patrick Sensburg, o chefe da Comissão de Inquérito alemã que investiga o monitoramento das comunicações feito pela NSA disse em uma entrevista segunda-feira passada que as autoridades admitem o uso de máquina de escrever para manter os olhos americanos longe de documentos eletrônicos. “Na verdade, nós já temos a máquina, e é ainda uma máquina de escrever não-eletrônico”, disse Sensburg. Segundo denúncia de Edward Snowden, houve grande monitoramento da NSA sobre as comunicações (especialmente telefonemas) de funcionários alemães em junho de 2013. Isso incluiu a escuta de telefonemas da primeira ministra Ângela Merkel. A comissão de Inquérito sobre a NSA da Alemanha foi aberta em março. No ano passado, o governo russo também admitiu o uso de máquinas de escrever pelos mesmos motivos.

Compartilhar: