Hacker-e1571347700925.jpg

Mandiant, empresa de cyber do Google, tem conta no X hackeada

Da Redação
05/01/2024

A empresa de segurança cibernética Mandiant, de propriedade do Google, investiga um incidente em que sua conta no X (ex-Twitter) foi sequestrada por várias horas por alguém que compartilhava links para a plataforma de criptomoedas Phantom. Na tarde de quarta-feira, 3, a conta da Mandiant na plataforma de mídia social tuitou links para a empresa de criptomoedas.

Inicialmente se passando pela Phantom, a conta parecia ter sido excluída por vários minutos antes de retornar com os logotipos da Mandiant, mas seu nome de usuário mudou para “@phantomsolw” e retuitou dezenas de mensagens. A conta hackeada atraiu usuários para um site fraudulento que fingia oferecer a 250 mil contas qualificadas um prêmio em tokens.

Veja isso
Mandiant descobre grupo de hackers ligado à Coreia do Norte
Hipervisores ESXi em risco, alerta relatório da Mandiant

A equipe da Mandiant supostamente se envolveu em uma luta de ida e volta durante várias horas para remover postagens fraudulentas, apenas para que elas reaparecessem. O comunicado de que as contas estavam sendo oferecidas no X foi feito pela primeira vez pelo coletivo de repositório de malware Vx-underground, na quarta-feira. 

A Mandiant, conhecida por ajudar clientes a investigar e se recuperar de violações significativas de rede, foi adquirida pelo Google em 2022 por US$ 5,4 bilhões. A reputação da empresa poderá ser afetada por este evento de curta duração, mas sério. “Estamos cientes do incidente que afetou a conta Mandiant X e estamos trabalhando para resolver o problema”, disse um porta-voz da Mandiant ao site Recorded Future News.

Compartilhar: