Malware pode ter roubado R$ 8,5 bilhões em boletos

Paulo Brito
03/07/2014
Dados alterados no boleto - clique para ampliar
Dados alterados no boleto – clique para ampliar

Um total da ordem de R$ 8,5 bilhões de pagamentos em boletos bancários pode ter ido parar nas contas de cibercriminosos segundo relatório distribuído ontem pela RSA: a empresa descobriu uma rede de malware que contaminou os navegadores das vítimas, e que durante dois anos alterou perto de 500 mil boletos. O malware foi localizado em 2012 pelos antivírus e inicialmente identificado como “Eupuds”, infectando browsers em ambiente Windows (Google Chrome, FireFox e MS Explorer). Ele intercepta e modifica as informações do boleto para que os valores sejam depositados na conta do criminoso.

Outros números do relatório:
– 192,227 máquinas contaminadas
– 83,506 credenciais de email furtadas pelo malware
– 8,095 IDs falsos em boletos
– 34 bancos nas transações
A RSA comunicou o FBI, a Polícia Federal brasileira e também os bancos.

Registre-se para download do relatório
[wpdm_file id=3]

 

Compartilhar:

Últimas Notícias