Malware permite furto de bitcoins

Paulo Brito
08/08/2018
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Pesquisadores da Trend Micro que patrulham fóruns na dark web descobriram uma lista de malware que permite a o roubo de até 6.750 dólares, euros ou libras em caixas eletrônicos de possuidores de saldos em bitcoin. A listagem tem data do dia 25 de junho de 2018 e é vendida por US$ 25.000 (ou quase R$ 100 mil). Os vendedores afirmam que o malware funciona “explorando uma vulnerabilidade de serviço”, sem qualquer acesso físico à máquina ATM. O acesso é feito por meio de cartão com chip EMV e NFC.

Os caixas eletrônicos de Bitcoin permitem aos usuários se conectarem às exchanges e transferir valores para suas carteiras digitais, usando para isso seus aparelhos celulares e cartões de identificação para verificar identidade. “Com o aumento da popularidade e do uso real de criptomoedas, e com o fato de que os cibercriminosos sempre tentarão explorar algo que possa gerar receita para eles … não deve ser uma surpresa, então, que malware direcionado a caixas eletrônicos Bitcoin apareça mercados do submundo”, diz o texto do pesquisador Fernando Merces, da Trend Micro.

Os vendedores do malware oferecem gratuitamente aos compradores um cartão pronto para uso com recursos EMV e NFC integrados, além de um guia multilíngue e suporte ao cliente baseado em Jabber, com atendimento 24 horas por dia, 7 dias por semana. A Trend Micro observa que a listagem já tem 100 comentários – o que sugere que o vendedor já fez bons negócios.

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest