Malware ameaça mais de mil empresas de energia

Paulo Brito
01/07/2014
Malware atinge empresas de energia nos EUA e Europa
Países atingidos – clique para ampliar

Mais de mil empresas de energia foram infectadas com uma sofisticada arma cibernética que deu aos hackers o acesso a sistemas de controle inclusive de de geradoras. O malware, chamado de ‘Energetic Bear’, foi descoberto pela Symantec e anunciado ontem. A empresa informou que ele permite aos operadores monitorar o consumo de energia em tempo real – e mesmo paralisar os sistemas físicos, tais como turbinas eólicas, gasodutos e usinas de energia com o clique de um mouse.

Os atacantes, identificados pela Symantec como o grupo ‘Dragonfly’, conseguiu comprometer um número estrategicamente relevante de organizações, para fins ode espionagem. Se tivessem sido utilizados todos os recursos de sabotagem disponíveis, poderia ter havido danos ou interrupção de fornecimento de energia nos países afetados.

Acredita-se que o ataque tenha comprometido os sistemas de computadores de mais de 1.000 organizações em 84 países, numa campanha ao longo de 18 meses. Entre os alvos do Dragonfly estão operadores de distribuição de energia, grandes empresas de geração, operadores de dutos de petróleo e fornecedores de equipamentos industriais para o setor de energia, informou a Symantec. A maioria das vítimas está nos Estados Unidos, Espanha, França, Itália, Alemanha, Turquia e Polônia.

Compartilhar:

Últimas Notícias