linkedin down

Linkedin uma hora fora do ar; 20 mil notificações de down por minuto

Plataforma saiu do ar por volta de 15h44 horário de Brasília e não retornou nos 27 minutos seguintes
Da Redação
23/02/2021
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Por volta das 15h44 desta tarde milhares de usuários do Linkedin começaram a avisar que a plataforma não estava respondento. Muitos fizeram a comunicação pelo Twitter, outros pelo Downdetector, que registrava uma média de 20 mil notificações de “down” a cada minuto. O portal retornou à atividade às 16h40, quase uma hora depois. Apesar disso, a API utilizada por diversas aplicações para intercambiar dados com o LinkedIn não entrou em funcionamento ao mesmo tempo, o que ocorreu pouco depois. O LinkedIn informou numa nota de um parágrafo que a queda do serviço fo icausada por uma mudança na configuração de sistemas internos. E acrescentou: “Restauramos o serviço e agradecemos a paciência enquanto estávamos colocando tudo de pé”.

Nem no Twitter nem nos portais de segurança surgiram, nesse intervalo, explicações para o problema.

Ao tentar acessar o portal, o usuário recebia como resposta uma mensagem de erro com três códigos (A, B e C), e um link do centro de suporte (Help), que por sua vez respondia com a página 404 e o aviso de “Host Desconhecido”.

Às 16:06 finalmente o suporte do Linkedin tuitou esta mensagem: “Alguns membros podem estar experimentando um problema com acesso ao LinkedIn em mobile e desktop. Estamos trabalhando nisso e forneceremos atualizações assim que as tivermos. Obrigado pela sua paciência!”

Veja isso
Bolsa da Nova Zelândia fora do ar por dois dias vítima de ataque de DDoS
Ataques ao TSE foram disparados do Brasil, EUA e Nova Zelândia, diz Barroso

Os problemas podem ter começado dois dias atrás, já que ao menos um usuário do Reino Unido informou esse fato pelo Twitter: “Jeremy [email protected]·@LinkedInHelp Is there a problem with the website at the moment please? I have not been able to open for about half-a-day. No problem with any other websites”. Hoje o mesmo usuário informou ao Linkedin o aparecimento do erro com os códigos A, B e C.

O Linkedin não esteve acessível no Brasil, nos EUA e na Europa durante esse intervalo.

Esta nota será periodicamente atualizada.

Com agências internacionais

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest