kali-2024.2-release

Kali 24.2 sai com 18 novas ferramentas e Gnome 46

Da Redação
05/06/2024

A Offensive Security anunciou hoje o lançamento do Kali Linux 2024.2. O Kali é a distribuição baseada em Debian mais utilizada entre hackers éticos, para testes de penetração. Ele chega mais de três meses após a versão 2024.1 e conclui a transição para proteger o sistema contra o problema do ano 2038, atualiza a oferta de desktop GNOME para a versão mais recente do GNOME 46 e melhora os modos Kali-Undercover e HiDPI na área de trabalho padrão do Xfce. Os problemas do ano 2038 e 2106 são problemas de cálculo de tempo que deixam alguns sistemas de computador incapazes de representar o tempo após 03:14:07 UTC de 19 de janeiro de 2038 e 06:28:15 UTC de 7 de fevereiro de 2106.

Veja isso
Kali Linux 2023.3 traz nove novas ferramentas para hackers éticos
Distribuições Linux são afetadas por backdoor no XZ Utils

18 novas ferramentas estão incluídas nesta versão, entre elas o autorecon, uma ferramenta de reconhecimento de rede multithread ; o coercer, uma ferramenta para forçar automaticamente um servidor Windows a se autenticar em uma máquina qualquer; o dploot, que é um SharpDPAPI reescrito em Python; e o getsploitum, utilitário de linha de comando para pesquisa e download de exploits.

Também estão incluídos o gowitness, um utilitário de captura de tela da web usando o Chrome Headless; o  horst, uma ferramenta de varredura de rádio altamente otimizada; o ligolo-ng, ferramenta avançada, porém simples, de tunelamento/pivotagem que usa uma interface TUN; o mitm6, ferramenta para pwning de IPv4 via IPv6; o netexec, ferramenta de exploração de serviço de rede que ajuda a automatizar a avaliação da segurança de grandes redes; e também o pspy, uma ferramenta para monitorar processos Linux sem permissões de root.

O Kali Linux 2024.2 está disponível para download no site oficial em vários “sabores”, para plataformas de 64 bits, ARM, VM, Cloud, WSL ou móveis. Os ATUAIS usuários do Kali Linux precisam apenas atualizar suas instalações executando sudo apt update && sudo apt full-upgrade em seu terminal.

Compartilhar: