Invasão na Argentina roubou dados de toda a população

O Registro Nacional de Pessoas detectou o uso indevido de senha cedida a órgão público e formalizou uma ação criminal
Da Redação
19/10/2021
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Uma pessoa não autorizada fez acesso à rede de TI do governo argentino e roubou os dados das carteiras de identidade de toda a população do país, de 45 milhões de habitantes. O incidente ocorreu no mês passado e teve como alvo o Registro Nacional de Pessoas (Registro Nacional de las Personas, RENAPER). A primeira evidência de um acesso não autorizado ao RENAPER surgiu em 25 de setembro no Twitter, quando a conta @AnibalLeaks (em nome de Fr3d3r1c) fez cinco postagens com dados que incluiram fotos de identidades e dados pessoais de 44 celebridades argentinas, incluindo o presidente Alberto Fernandez, vários jornalistas, políticos e jogadores de futebol como Lionel Messi e Sergio Aguero. O governo informou à Justiça que só tomou conhecimento do fato no dia 9 de outubro.

Veja isso
Argentina se recusa a pagar resgate de US$ 4 milhões para hackers
Telecom Argentina sofreu ataque de ransomware no sábado

A postagem no Twitter acrescentou que estavam vazados dados de pessoas da gendarmeria (a Força Nacional), Exército, Capitania dos Portos, Força Aérea e Ministério da Defesa, com um total de 1.193.316 registros para esse conjunto. Em muitos registros havia telefones celulares pessoais.

A agência violada faz parte do Ministério do Interior argentino, sendo responsável pela emissão de carteiras de identidade nacionais a todos os cidadãos. As informações são armazenadas digitalmente em banco de dados disponibilizado a outros órgãos governamentais.

No dia seguinte às postagens no Twitter, um desconhecido postou um anúncio em um fórum da dark web oferecendo acesso aos dados pessoais de qualquer cidadão argentino.

Com agências de notícias internacionais

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

ATENÇÃO: INCLUA [email protected] NOS CONTATOS DE EMAIL

(para a newsletter não cair no SPAM)