Ransomware em joalheria de Londres expõe milionários

Da Redação
31/10/2021
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

O jornal The Times, de Londres, revela em sua edição de hoje que os operadores do ransomware Conti sequestraram dados da joalheria Graff Diamonds, com sede em Londres, e que tem entre seus clientes celebridades milionárias como Donald Trump, Oprah Winfrey, David Beckam e muitos outros. Os cibercriminosos já despejaram 69.000 documentos confidenciais na ‘dark web’, entre os quais arquivos relacionados justamente a essas três pessoas. O valor do pedido de resgate não é conhecido mas o jornal supõe que seja muito elevado. Os documentos despejados estão relacionados a 11 mil pessoas e os operadores do Contiafirmam que isso representa 1% do que foi roubado.

Veja isso
Ransomware Conti amplia ataque para deletar backups
Imprensa é ameaçada pelo ransomware Conti

Segundo o jornal, os documentos incluem listas de clientes, faturas, recibos e notas de crédito, cujo conteúdo poderia ser embaraçoso para clientes “que podem, por exemplo, ter comprado presentes para amantes secretos ou aceito joias como suborno”. O ataque aconteceu no dia 8 de outubro.

A lista de celebridades que compram nessa joalheria contém ainda superstars internacionais como Tom Hanks, Samuel L Jackson e Alec Baldwin.

Com agências de notícias internacionais

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

ATENÇÃO: INCLUA [email protected] NOS CONTATOS DE EMAIL

(para a newsletter não cair no SPAM)