maior provedor de backup vaza dados

Intrusão na seguradora Prudential: 2,6 milhões de pessoas

Da Redação
02/07/2024

A seguradora americana Prudential Insurance apresentou na sexta-feira uma notificação de violação de dados, dizendo agora saber que quase 2,6 milhões de pessoas tiveram seus dados comprometidos durante um ataque cibernético em fevereiro, de autoria reivindicada pelo grupo que operava o ransomware ALPHV/BlackCat.

Veja isso
Dois meses após violação, Prudential notifica 36 mil pessoas
ALPHV/BlackCat assume autoria de ataque à Prudential Financial

O número é muito superior aos 36.545 que a Prudential informou em março à Procuradoria Geral do Estado do Maine. A Prudential, como a maioria das empresas que alteram seus relatórios de violação, não forneceu uma explicação para o aumento e os reguladores não exigem isso. Ao divulgar a violação para a Securities and Exchange Commission (SEC) em Fevereiro, a empresa afirmou que não houve impacto material no incidente.

As informações roubadas incluem nomes, endereços, números de carteira de motorista e números de carteira de identidade. Processos apareceram na Justiça após a descoberta da violação. Um deles, aberto por Constance Boyd em um tribunal de New Jersey, argumenta que a empresa não conseguiu proteger os dados de seus clientes, levando à violação. Não está claro como esse processo será afetado agora pelo aumento do número de indivíduos afetados.

A Prudential não forenceu qualquer informação sobre os atacantes, mas o grupo de ransomware ALPHV/BlackCat assumiu a responsabilidade ao adicionar o nome da empresa no seu site de vazamentos na dark web.

Compartilhar: