banner senha segura
senhasegura
Reichstag Parlamento Alemanha

Intrusão em frotista coloca em risco autoridades na Alemanha

Dados sobre veículos, motoristas, itinerários, horários, passageiros e endereços podem ter ficado visíveis para os invasores
Da Redação
18/08/2020
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

A rede da unidade de transporte das autoridades do governo alemão, que é inteiramente operada pelas forças armadas, foi invadida, informou no último sábado o Ministério da Defesa da Alemanha. Isso significa que eventualmente os dados sobre os veículos, seus motoristas, itinerários, horários, passageiros e seus endereços podem ter ficado visíveis para os invasores, por enquanto não identificados. 

As autoridades transportadas por essa unidade, o FuhrparkService (BWFU), são os políticos e executivos do governo alemão em geral e do Parlamento em particular. A notícia foi publicada inicialmente no jornal Bild am Sonntag em sua edição do último domingo. 

O Ministério da Defesa foi notificado do incidente na quinta-feira, dia 13, quando todas as conexões de rede da unidade foram bloqueadas – incluindo  aquelas que ligam a BWFU ao próprio ministério. Além disso, unidade convocou uma empresa especializada na análise e correção dos danos, informou o ministério.

Veja isso
Hackers descobertos ao invadir rede da BMW na Alemanha
BlackBerry compra empresa de segurança na Alemanha

O assunto também está sendo investigado também pelo CERT (Computer Emergency Response Team) do BSI, o Escritório Federal de Segurança da Informação da Alemanha, sediado em Bonn. Verificações iniciais na rede dedicada de dados das forças armadas não exibiram problemas. A administração do parlamento informou o incidente aos grupos parlamentares do governo e da oposição, indicando que “o atacante e os alvos concretos de seu ataque não são conhecidos. No momento, não se sabe quando o data center foi comprometido pela primeira vez, se os dados foram manipulados ou se os dados foram desviados”, afirma a mensagem aos parlamentares.

Com sede em Troisdorf, perto de Bonn, a BWFU é administrada pelas forças armadas da Alemanha. É composta por 33.500 veículos, incluindo caminhões e carros com motorista designados para parlamentares. No ano passado, ela prestou 142 mil serviços de transporte para o parlamento alemão. A BWFU foi criada em 2002 como empresa estatal, operando em 160 pontos na Alemanha. As forças armadas (Bundeswehr) têm uma participação majoritária de três quartos no serviço de frota e a Deutsche Bundesbahn (empresa de ferrovias) uma participação de um quarto.

Com agências internacionais

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Inscrição na lista CISO Advisor

* campo obrigatório