Intranet do governo inglês foi invadida

Paulo Brito
18/06/2014
Francis Maude, do Cabinet Office
Francis Maude, do Cabinet Office

Francis Maude, o ministro titular do Cabinet Office, uma espécie de “casa civil” do governo da Inglaterra, afirmou que um grupo de hackers patrocinado pelo governo de outro país teve acesso a uma conta de administrador na intranet segura do governo inglês. Felizmente, disse ele, o ataque foi descoberto a tempo e mitigado sem que nenhum prejuízo tenha acontecido – o que é uma afirmação no mínimo arriscada. A declaração foi feita num discurso pronunciado por ele segunda-feira na abertura do principal evento inglês de ciberdefesa e cibersegurança, chamada IA14 (2014 Conference for Cyber Cecurity and Information Assurance Decision Makers). Durante o discurso, Maude abordou os recursos de cibersegurança disponíveis no país e o trabalho do CERT-UK, que diariamente bloqueia 215 mil IPs suspeitos de atacar as redes inglesas.

O colunista inglês de cibersegurança e ciberdefesa Graham Cluley acha no entanto que a declaração deixa muitas questões sem resposta: “De fato eu gostaria de ter a sensação de que posso acreditar nos meus representantes eleitos, mesmo que achem insatisfatório não conseguirem produzir as provas indicando que um país em particular está envolvido”. A história contada por Graham está em http://goo.gl/Wc3gg4

O discurso completo de Maude está em http://goo.gl/jein79

 

Compartilhar:

Últimas Notícias