Photo by Jeffrey Francisco on Unsplash

Intercontinental Hotels comunica ataque cibernético

Especialistas suspeitam de ransomware, já que há dias os clientes estavam reclamando de problemas para conseguir fazer reservas
Da Redação
08/09/2022

O InterContinental Hotels Group (IHG) confirmou por meio de um documento entregue à Bolsa de Londres na terça-feira dia 6 de Setembro de 2022 que sofreu um ataque cibernético. Como houve clientes reclamando de dificuldades para conseguir fazer reservas, especialistas sugerem que a natureza do ataque pode ser ransomware. O IHG possui redes de hotéis com marcas como Holiday Inn, Holiday Express, Regent, Crowne Plaza, Kimpton e Six Senses.

Veja isso
Benefício supera risco, opina o consumidor online
Ataque a hotéis do Brasil começa em arquivos ODT

Parte da informação prestada à LSE (London Stock Exchange) menciona que “o IHG está trabalhando para restaurar totalmente todos os sistemas o mais rápido possível”. As especulações sobre ransomware não foramq confirmadas pelo IHG. O documento informa ainda que os canais de reservas e “outros aplicativos” foram “significativamente” interrompidos desde segunda-feira dia 5. Outros pesquisadores observaram que em Agosto os operadores do ransomware LockBit também assumiram a autoria de um ataque a uma filial de Istambul do Holiday Inn, de propriedade do IHG.

Em 2016, o IHG foi vítima de vários ataques cibernéticos que causaram interrupções generalizadas. Em dois casos ocorridos com intervalo de apenas alguns meses, os detalhes de pagamento dos clientes do IHG foram colocados em risco. Esse incidente afetou quem esteve nos EUA entre 29 de Setembro e 29 de Dezembro de 2016: a rede publicou discretamente um comunicado de 14 mil caracteres confirmando que houve uma invasão de sua rede. A notícia havia sido dada em Fevereiro de 2017, mas a empresa supunha que os hotéis atingidos eram apenas 12. Em Abril, outro comunicado informou que a lista superava 1.150 unidades nos EUA e Porto Rico.

Compartilhar: