GAT Digital Banner
GAT Digital Banner

Hackers roubam fonte do FIFA 21 na Electronic Arts

Eles anunciaram a venda do fonte completo, mais ferramentas de depuração, chaves de API e SDKs do servidor de jogos
Paulo Brito
10/06/2021
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

A Electronic Arts, segunda maior produtora de games da América do Norte, que entre outras produções tem a franchise FIFA, admitiu hoje numa nota oficial que sua rede foi invadida e dados foram vazados. O CISO Advisor recebeu informações segundo as quais os dados estão sendo vendidos num fórum de cibercriminosos. O vazamento ocorreu no dia 6, domingo passado, às 09h01. O cibercriminoso que publicou o anúncio de venda disse que estava vendendo não só o código fonte completo do FIFA 21, mas também

  • FIFA 21: ferramentas de depuração, chaves de API e SDKs
  • FIFA 21: servidor de jogos (matchmaking)
  • FIFA 22: chaves de api, alguns SDKs e ferramentas de depuração
  • FrostBite: código-fonte e ferramentas de depuração
  • Muitos frameworks e SDKs proprietários de jogos da EA
  • Chaves privadas e SDK do XBOX e da SONY
  • XB PS & EA pfx & crt com chave (atualmente em uso)

Segundo os hackers, esses recursos dão plena capacidade de explorar todos os serviços da EA. No total o material colocado à venda tem 780GB de dados.

Veja isso
Setor de games sofreu 10 bilhões de ataques de 2018 para cá
Vulnerabilidade na Electronic Arts deixa em risco 300 mil gamers

A EA confirmou ao portal Motherboard que sofreu uma violação de dados e que as informações listadas pelos hackers eram os dados que foram roubados.

“Estamos investigando um recente incidente de intrusão em nossa rede, onde uma quantidade limitada de código-fonte do jogo e ferramentas relacionadas foram roubados”, disse um porta-voz da EA ao Motherboard em um comunicado. “Nenhum dado de jogador foi acessado e não temos motivos para acreditar que haja qualquer risco para a privacidade do jogador. Após o incidente, já fizemos melhorias na segurança e não esperamos nenhum impacto em nossos jogos ou negócios. Estamos trabalhando ativamente com os encarregados da aplicação da lei e outros especialistas como parte desta investigação criminal em andamento. “

Junto com suas postagens no fórum, os hackers compartilharam uma pequena seleção de capturas de tela alegando demonstrar seu acesso aos dados da EA, mas não distribuíram publicamente nenhum dos dados internos em si. Em vez disso, os hackers estão, pelo menos ostensivamente, tentando vender as informações.

Com agências de notícias internacionais

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Inscrição na lista CISO Advisor

* campo obrigatório