Hackers em jogos Fantasy Football

Paulo Brito
11/09/2015
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Com o início da nova temporada NFL de futebol americano, é tempo de grande movimentação para os fãs de esportes. Em épocas como essa, a Trend Micro – empresa especializada na defesa de ameaças digitais e segurança na era da nuvem – alerta para diversos perigos iminentes no mundo do cibercrime. Além da crescente ameaça de fraude em bilheterias, os fãs também devem tomar cuidado quando estiverem participando de jogos fantasy football com suas ligas favoritas.

O fantasy football se tornou um negócio bilionário, no qual gamers podem "gerenciar" virtualmente um grupo de jogadores reais selecionados a partir de times da NFL, por exemplo. De quanto mais ligas se participa, maiores são as chances de os hackers terem acesso aos seus dados.

Com tanta troca de informações, tais como boletins informativos, estatísticas dos jogadores e informações sobre jogadores proeminentes da NFL, gestores da equipe de fantasy football ficam suscetíveis a abrir e-mails, tornando-os vulneráveis ​​a mensagens phishing ou malwares.

O e-mail de phishing é projetado para parecer que foi enviado a você pelo seu provedor da liga de fantasy football mas, na verdade é um e-mail fraudulento, projetado para roubar informações pessoais e financeiras.

Outros e-mails falsos podem conter links maliciosos ou até mesmo URLs de sites legítimos que foram hackeados. Uma vez acessado o website infectado, o malware pode roubar suas informações pessoais ou até mesmo controlar remotamente seu computador.

As pessoas tornam o trabalho dos bandidos ainda mais fácil usando as mesmas senhas nas contas, de modo que, se apenas uma dessas contas online for hackeada, a segurança de todas as outras é comprometida.

A Trend Micro listou algumas dicas para evitar roubo de informações privadas por meio de logins e senhas:

·         Criar senhas longas e difíceis, com pelo menos 10 caracteres (misture letras maiúsculas e minúsculas, números e caracteres especiais);

  •  Não usar as mesmas senhas em contas diferentes;

  •  Mantenha o seu dispositivo atualizado com a versão mais recente do sistema operacional e aplique as últimas atualizações de segurança de softwares, tais como o Adobe Flash;
  •  Evite aplicativos em dispositivos móveis que solicitem permissões excessivas, pois os mesmos podem ser aplicativos mal-intencionados;
  • Sempre fique alerta ao abrir e-mails. Não clique em links ou anexos em mensagens de e-mails desconhecidas;

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest