Ransomware-18.jpg

Ransomware pega fabricante de motherboards Gigabyte

Os atacantes – que seriam operadores do RansomExx, afirmam ter obtido muitas informações sensíveis da empresa.
Da Redação
06/08/2021
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

A fabricante de componentes Gigabyte, mais conhecida no Brasil pela fabricação de motherboards para PCs, é a mais recente vítima de um grande ataque de ransomware. Os atacantes – que seriam operadores do RansomExx, afirmam ter obtido muitas informações sensíveis da empresa.

De acordo com o portal norte-americano The Record, a Gigabyte foi sido alvo de um ataque de ransomware nos escritórios da sua sede em Taiwan, onde os atacantes afirmam ter roubado mais de 112 GB de dados da empresa, incluindo informações sensíveis sobre falhas de segurança e outtras não reveladas para o público.

Veja isso
Empresa de energia italiana sofre ataque de ransomware
Itália: sistema de suporte à vacinação é alvo de ransomware

Os atacantes estão agora ameaçando a empresa com a divulgação de todos os dados roubados caso ela não pague a quantia exigida.

A Gigabyte já confirmou o ataque à reportagem do The Record, e um porta-voz admitiu que alguns servidores internos teriam sido comprometidos durante o ataque. Esses sistemas foram isolados da rede. Por enquanto continuam sendo feitas investigações sobre como teria sido a origem do ataque.

A autoria do ataque foi dos operadores do RansomExx, conforme indicam informações em sua página na Dark Web. Ali eles indicam ter em sua posse diversas informações da fabricante.

Este grupo é conhecido por também ter atacado, no passado, empresas como a Acer, Compal e Garmin.

Com agências de notícias internacionais

Compartilhar:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest