code-4333398_1280.jpg

Gangue LockBit faz novas vítimas e amplia ataques cibernéticos

Da Redação
23/01/2024

Em uma atualização recente em seu portal na dark web, o grupo de ransomware LockBit anunciou a adição de três novas vítimas à sua lista de organizações comprometidas, além da recente violação à rede americana de fast food Subway. Os alvos do último ciberataque da gangue são a TV Jahn Rheine, empresa que atua no setor de saúde, bem-estar e fitness, com sede na Alemanha; a Home Waremmien, companhia de habitação para pessoas vulneráveis na Bélgica, e a Marxan S.L., imobiliária e administradora de parques de estacionamento, com sede em Barcelona, na Espanha.

O anúncio no portal na dark web inclui detalhes específicos sobre as organizações visadas. Para a TV Jahn Rheine, o operador da ameaça afirma ter roubado uma quantidade substancial de dados confidenciais, incluindo informações contábeis, conversas por e-mail e registros de recursos humanos. O prazo para cumprimento de suas demandas está previsto para quinta-feira, 25.

Veja isso
LockBit continua sendo a principal ameaça global de ransomware
LockBit assume ataque ao laboratório aeroespacial da Índia

Da mesma forma, os cibercriminosos publicaram detalhes do ataque à Home Waremmien, afirmando que tinham carregado dados confidenciais, como registos de habitação e informações organizacionais. O prazo para cumprimento de suas demandas para a empresa também é quinta-feira, 25

No caso da Marxan S.L., o operador da ameaça forneceu informações limitadas, deixando incerta a extensão da violação. O prazo para cumprimento de suas exigências para a imobiliária também é quinta-feira, 25.

Até o momento, nenhuma das vítimas se pronunciou. A reportagem do CISO Advisor constatou, no entanto, que os sites das supostas vítimas estão operando normalmente, não demonstrando sinais de um ataque de ransomware, embora o grupo possa ter como alvo os bancos de dados das empresas.

Compartilhar: